Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Cássio, Roderick Miranda e Marcelo entre os arguidos no escândalo do Rio Ave

Defesa-central Marcelo é cobiçado pelo Sporting.
28 de Dezembro de 2017 às 18:00
Marcelo, do Rio Ave
Marcelo, do Rio Ave
Cássio, do Rio Ave
Cássio, do Rio Ave
Roderick Miranda, do Rio Ave
Nadjack, do Rio Ave
Marcelo, do Rio Ave
Marcelo, do Rio Ave
Cássio, do Rio Ave
Cássio, do Rio Ave
Roderick Miranda, do Rio Ave
Nadjack, do Rio Ave
Marcelo, do Rio Ave
Marcelo, do Rio Ave
Cássio, do Rio Ave
Cássio, do Rio Ave
Roderick Miranda, do Rio Ave
Nadjack, do Rio Ave

Cássio, Roderick Miranda e Marcelo são três dos quatro jogadores do Rio Ave que foram constituídos arguidos por suspeitas de terem sido pagos para perder um jogo, apurou o Correio da Manhã. O defesa-central Marcelo está a ser cobiçado pelo Sporting.

A SIC avança que o quarto futebolista envolvido no escândalo é Nadjack. 

O brasileiro Cássio, de 37 anos, está a cumprir a sua quarta época no Rio Ave, e foi 'totalista' nas 15 jornadas já disputadas esta época na I Liga, enquanto o seu compatriota Marcelo, de 28 anos, habitual titular desde 2012, já fez 14 jogos neste campeonato.

Nadjak, guineense de 23 anos, está no Rio Ave desde a temporada passada, enquanto o português Roderick Miranda fez parte dos quadros do clube vila-condense entre 2013 e 2017, antes de se mudar no início da época para os 'Wolves'.

A investigação da Polícia Judiciária do Porto dura há cerca de um ano. Em causa está o Feirense-Rio Ave (2-1) da 20ª jornada do campeonato na última época. 

Na altura, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa suspendeu as apostas do encontro no ‘Placard’.

A decisão foi justificada com o "volume atípico de apostas registado e o risco financeiro envolvido".

Ver comentários