Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Maxi operado falha partida de domingo

Lateral-direito com lesão profunda na perna direita.
25 de Agosto de 2016 às 12:08
Maxi Pereira foi ontem operado, em consequência da dura entrada de De Rossi no jogo com a Roma, da 2ª mão do play-off da Liga dos Campeões, na capital italiana, que o FC Porto venceu, por 3-0, na terça-feira. O defesa fica assim afastado do clássico de Alvalade.

De acordo com um comunicado do FC Porto, o uruguaio foi submetido a intervenção cirúrgica à perna direita, no Hospital de Santa Maria, no Porto, depois de uma observação médica mais detalhada. "Ficou a saber-se da extensão real da lesão do camisola dois dos Dragões: ferida corto-contusa profunda com luxação do tendão tibial posterior", lê-se no comunicado publicado ontem no site oficial dos azuis-e-brancos. O FC Porto não avança com o tempo de paragem de Maxi Pereira. Certo é que o internacional uruguaio não será opção para o clássico frente ao Sporting, no domingo.

Segundo a federação uruguaia, o jogador falha os dois jogos da sua seleção, frente a Argentina e Panamá, de qualificação para o Mundial 2018, a 1 e 6 de setembro, respetivamente.

Na sequência da dura entrada sobre Maxi, De Rossi recebeu ordem de expulsão, ainda antes do final da primeira parte do encontro. O lateral tentou continuar em campo, mas acabaria por ceder às mazelas e foi retirado do relvado de maca. Maxi foi substituído pelo mexicano Miguel Layún aos 45+2’.

Já no regresso da comitiva portista a Portugal, o uruguaio chegou ao Aeroporto Sá Carneiro em cadeira de rodas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)