Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Menchov voltou

O russo Denis Menchov fez ontem aquilo que prometeu e que todos sabiam estar ao seu alcance: ganhou o contra-relógio de 48 km em Lloret del Mar e reconquistou a camisola dourada que estava em poder de Roberto Heras, que tinha 12 segundos de vantagem.
5 de Setembro de 2005 às 00:00
O ciclista da Rabobank, que foi o primeiro líder da ‘Vuelta’ ao vencer o contra-relógio de abertura, em Granada, cumpriu a promessa, marcando uma supremacia acima de qualquer suspeita, isto é, ganhando em Lloret del Mar, com uma vantagem de 49s com que anulou os 12s de diferença e deixou Heras no 2.º posto da geral a 37s., margem que terá agora de saber gerir nas etapas de montanha.
De Roberto Heras, apesar de não ser um especialista em contra-relógio, esperava-se, contudo, uma prestação bastante melhor do que o 5.º lugar, numa corrida em que Ruben Plaza (2.º, a 9s), Mancebo (3.º, a 37s) e Sastre (4.º, a 51s) foram os mais sérios adversários de Menchov.
Já de José Azevedo, nas precárias condições físicas em que se encontra, não surpreende a sua fraca actuação traduzida num 53.º lugar, com mais 5,03 minutos do que o russo, mas apesar disso manteve o 64.º posto na geral, agora a 17,12 minutos.
A geral sofreu ainda outras alterações nos dez primeiros lugares, lote de onde desapareceram Joaquim Rodriguez, Unai Yus e Mercado, baixas que permitiram a subida ao ‘top ten’ de Danielson, Santos Gonzalez e Manuel Beltran, com actuações de muito bom nível.
Hoje disputa-se a 10.ª etapa, com 206,3 km, de La Vall d’en Bas para Ordino-Arcalis, a primeira de alta montanha.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)