Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Míssil de Drogba dá vitória

O Chelsea apanhou ontem ontem o Manchester United no segundo lugar da liga inglesa, depois de bater em casa o Liverpool por 1-0, beneficiando também da derrota caseira dos ‘red devils’ diante do Arsenal. O grande herói da partida, em Stamford Bridge, foi o costa-marfinense Drogba, que quase no final da primeira parte enviou um ‘míssil’ para dentro da baliza defendida por Reina.
18 de Setembro de 2006 às 00:00
Apesar do resultado positivo, a equipa de José Mourinho (Ricardo Carvalho jogou os 90 minutos, enquanto Paulo Ferreira entrou na segunda parte) não foi nada brilhante. Aliás, foram os ‘reds’ – que com esta vitória estão já a oito pontos do líder Portsmouth – que melhor jogaram e tiveram as melhores oportunidades. No entanto, nunca conseguiram bater Petr Cech, mesmo a jogarem com um a mais durante cerca de quarenta minutos, após a expulsão de Ballack.
Este, recorde-se, era também um encontro muito esperado pela Imprensa inglesa. Todos estavam na expectativa para saber se Mourinho e o seu homólogo do Liverpool, Benitez, se cumprimentavam. E a verdade é que o fizeram, um aperto de mão a abrir o jogo e outro a fechar. Mas no final foi mesmo Mourinho quem mais sorriu.
“Pela entrega penso que os três pontos foram mais que merecidos. O golo foi fantástico, cheio de intenção”, disse o treinador português, que não criticou o árbitro na hora da expulsão de Ballack: “Foi bem expulso”.
No outro ‘jogo quente’ do dia, o Arsenal conseguiu a primeira vitória da época e logo no terreno do Manchester United.
E nem Cristiano Ronaldo (o melhor dos ‘red devils’ apesar de ter perdido a bola no lance do único golo) valeu à turma de Alex Ferguson que viu o Arsenal falhar uma grande penalidade na primeira parte – por Gilberto Silva – e depois Adebayor, já perto do fim, a materializar o ascendente dos ‘gunners’.
Entretanto, o português Boa Morte pode ficar afastado dos relvados por seis semanas, após ter ontem fracturado a maçã do rosto no confronto do Fulham com o Tottenham (0-0).
Ver comentários