Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Morreu Manuel Barreiro de Magalhães, médico da Volta a Portugal

Corpo estará em câmara ardente a partir da tarde desta quarta-feira, na Igreja da Lapa, no Porto.
Ricardo Tavares 14 de Agosto de 2019 às 12:54
Manuel Barreiro de Magalhães
Manuel Barreiro de Magalhães
Manuel Barreiro de Magalhães
Manuel Barreiro de Magalhães
Manuel Barreiro de Magalhães
Manuel Barreiro de Magalhães

O médico Manuel Barreiro de Magalhães,  64 anos, velha figura do ciclismo nacional, morreu na madrugada desta quarta-feira, no Hospital de São João, no Porto.

O antigo médico da Volta a Portugal, entre outras competições velocipédicas, de acordo com um familiar próximo, não terá resistido a "uma intervenção do foro urológico".

Filho de um médico -- José Barreiro de Magalhães, talvez ainda hoje o mais conhecido do ciclismo português, que também serviu, por exemplo, o FC Porto e a Polícia Judiciária --, Manuel Barreiro de Magalhães  exercia a atividade no Centro Saúde de Azevedo, em Campanhã (Porto), trabalhava também com doentes do setor bancário.

Para lá da forte ligação que teve ao ciclismo nacional, Manuel Barreiro de Magalhães foi médico do Boavista e da Polícia Judiciária.

Natural da Sé Nova, Coimbra, Manuel Barreiro de Magalhães era um grande amante de literatura, dedicando parte do tempo livre à poesia. Lançou, inclusive,  em 2016, ‘Mineiros e Outros Poemas’, onde revisita a infância, escrevendo nomeadamente sobre a dureza do trabalho nas minas do Pejão  (o pai foi lá médico) .

O clínico deixa viúva, três filhos, uma filha e quatro netos.

O corpo estará em câmara ardente a partir da tarde desta  quarta-feira, na Igreja da Lapa, no Porto. O funeral realiza-se esta sexta-feira, a partir das 10h15, seguindo o cortejo fúnebre  para o Cemitério de Lordelo do Ouro, na mesma cidade.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)