Morte na Luz vai a julgamento

Juíza decidiu seguir acusação contra 22 adeptos dos No Name Boys e da Juventude Leonina.
Por Magali Pinto|17.04.18
  • partilhe
  • 1
  • +
O crime ocorreu em abril do ano passado numa das entradas do Estádio da Luz, em Lisboa. Marco Ficini foi atropelado mortalmente por Luís Pina, após um confronto violento entre elementos dos No Name Boys e da Juventude Leonina.

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu esta segunda-feira levar 22 adeptos a julgamento. Luís Pina vai acusado de um crime de homicídio qualificado e outros quatro tentados. Os restantes 21 arguidos respondem por participação em rixa, omissão de auxílio e dano com violência.

"Fazendo um juízo crítico sobre os indícios constantes nos autos, terá de se concluir que são suficientes para poder imputar o cometimento dos crimes", refere o despacho do tribunal, a que o Correio da Manhã teve acesso. Todos os arguidos estão em liberdade. Mesmo Luís Pina, depois de ter sido libertado em março, por excesso de prisão preventiva - não foi proferida decisão instrutória no prazo máximo de dez meses após a data em que lhe foi aplicada a cadeia.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!