Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Mourinho: “A ideia é sermos melhores este ano”

José Mourinho voltou a falar na Liga dos Campeões, cumpridos os três jogos de suspensão impostos pela UEFA, e garantiu que o Real Madrid quer "fazer melhor do que no ano passado".
17 de Outubro de 2011 às 18:53
José Mourinho quer ganhar Liga dos Campeões, mas admite que não é fácil
José Mourinho quer ganhar Liga dos Campeões, mas admite que não é fácil FOTO: Reuters

Na antevisão ao jogo com o Lyon, o técnico português considerou o castigo, imposto no seguimento de declarações na meia-final da Liga dos Campeões do ano passado frente ao Barcelona, como "uma coisa do passado" e sublinhou que os merengues querem ganhar a principal competição continental de clubes pela décima vez.  

"Essa é uma história velha. Começámos uma nova Liga dos Campeões e vamos ver se conseguimos fazer melhor do que no ano passado. A nossa ideia é sermos melhores este ano", sublinhou.  

Mourinho surgiu calmo e apenas usou da habitual ironia quando abordou o tema da titularidade de Gonzalo Higuain e Karim Benzema. "Se lêem os jornais ficam em pânico porque são tantas histórias, os debates e os inquéritos. Se lêem demasiado são influenciados pela imprensa, que só quer vender. Mas, se pensarem mais no sentido do grupo, nos objectivos colectivos, entendem o facto de não jogarem, ou pelo menos aceitam-no, porque o normal é que todos queiram ser titulares em todos os encontros", explicou. 

A acidez típica de Mourinho foi também evidente ao comparar as críticas de há duas semanas sobre a produtividade do ataque do Real Madrid com a situação actual: "Agora temos seis balas no ataque. Há 15 dias nem metíamos um golo, Higuain era muito mau e Benzema também. Interrogavam porque não comprámos o Aguero. Agora jogo com seis balas à frente e quatro atrás". 

Sobre o encontro com o Lyon, do Grupo D da Liga dos Campeões, Mourinho sublinhou a importância de vencer o jogo de terça-feira no Santiago Bernabéu, para garantir o mais rapidamente possível a qualificação para os oitavos de final. "O mais importante é ganhar. No ano passado conseguimos 10 pontos em quatro jogos e qualificamo-nos. Se pudermos fazer o mesmo seria muito importante, mas não é fácil ganhar a 'Champions'", disse.  

Os elogios ao Lyon também não faltaram: "Mudaram três jogadores, mas a essência continua a mesma. É uma equipa bem organizada, forte na defesa, rápida no ataque e que tem um bom contra-ataque".  

O Real Madrid comanda o Grupo D, com seis pontos em dois jogos, enquanto o Lyon tem quatro, o Ajax um e o Dínamo de Zagreb nenhum. 

mourinho real madrid liga dos campeões lyon espanha
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)