Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Mourinho continua apesar das derrotas

José Mourinho deve continuar a treinar o Chelsea na próxima temporada. A eliminação da Liga dos Campeões, pelo Liverpool, fez despoletar, em Inglaterra, uma onda de críticas ao técnico português, que, no entanto, não se mostra afectado e até tem aproveitado o tempo livre para fazer compras com a esposa Tami, nas ruas de Londres.
4 de Maio de 2007 às 00:00
Além da derrota com o Liverpool, nas grandes penalidades, a conquista do tricampeonato inglês também está comprometida, dado que o Chelsea está a cinco pontos do Manchester United.
No entanto, sabe o CM, a direcção do Chelsea começa a reconhecer o erro de não ter feito as contratações exigidas por José Mourinho na reabertura de mercado em Janeiro de forma a colmatar as carências da equipa, devido a uma estranha e invulgar onda de lesões (23 jogadores).
Os problemas no eixo da defesa, recentemente agravados com a lesão do português Ricardo Carvalho, têm obrigado a mudanças sistemáticas e a adaptações de jogadores. Perante este cenário, os dirigentes do Chelsea já admitiram a sua quota parte da responsabilidade. Por isso, o lugar de Mourinho não deverá estar em risco a não ser que durante o defeso ocorra algo de estranho, sublinharam as fontes contactadas pelo CM.
Depois de uma semana negra, José Mourinho já tem as atenções viradas para o embate com o Arsenal, num emocionante dérbi londrino que se realiza no domingo. O Chelsea está proibido de perder para manter acesa a pequena chama de ainda poder chegar ao título.
Além do confronto com o Arsenal, José Mourinho vai ainda apostar tudo numa vitória na Taça de Inglaterra quando, no dia 19 de Maio, defrontar o Manchester United no novo Estádio de Wembley.
A conquista da Taça atenua as perdas do Chelsea e uma vitória sobre o rival Manchester United poderá apaziguar o ambiente de contestação ao treinador português.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)