Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Mourinho diz que "Preciado era um rival digno"

O treinador português José Mourinho mostrou esta quinta-feira pesar pela morte de Manuel Preciado, do qual disse ser um "rival digno", com "carácter, transparência e valor para lutar contra os golpes, duros, no seu caso".
7 de Junho de 2012 às 15:59
José Mourinho e Manolo Preciado entenderam-se após trocas de palavras mais acesa
José Mourinho e Manolo Preciado entenderam-se após trocas de palavras mais acesa FOTO: Eloy Alonso/Reuters

"Não sou ninguém para louvar a vida de Manuel Preciado, que se partiu hoje em mil pedaços. Mas como colega e homem do futebol quero enviar a minha humilde mensagem de dor para todos os seus", referiu Mourinho no sítio oficial do Real Madrid.

 

José Mourinho chegou a ter uma polémica com Preciado, quando este era treinador do Gijon. Em 2010, o treinador espanhol chegou a chamar "canalha" e "mau companheiro" ao português, por Mourinho ter levantado suspeitas sobre a poupança de jogadores contra o Barcelona.

 

O treinador português estendeu o seu pesar às pessoas do Sporting Gijón, do Racing, do Levante e do Villarreal, clube de que disse estar seguro que Preciado faria regressar à liga principal.

 

"Manolo foi sempre um rival digno, que descobri bem quando nos veio visitar em Março último, na cidade do Real Madrid, em Valdebebas. Tinha tudo aquilo de que gosto nas pessoas e nos desportistas: carácter, transparência e valor para lutar contra os golpes, duros, no seu caso", afirmou.

 

Manuel Preciado, que na sexta-feira ia ser apresentado como técnico da equipa de futebol do Villarreal, morreu vítima de enfarte do miocárdio na quarta-feira à noite, no mesmo dia em que foi anunciado a sua ligação àquele clube.

 

O técnico, de 54 anos, morreu pelas 22h15 de Lisboa numa casa na praia de Perelló, em Sueca, cerca de 20 quilómetros a sul de Valência, onde passava uns dias de férias.

Mourinho Preciado Real Madrid Gijon Villareal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)