Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

MOURINHO: O MELHOR FC PORTO É O QUE JOGA COM 11

O FC Porto joga esta noite nas Antas (21h00) a primeira das duas partidas frente ao Denizlispor referentes aos oitavos-de-final da Taça UEFA, num confronto em que o líder da SuperLiga não pode contar com o lesionado Costinha.
20 de Fevereiro de 2003 às 00:00
Um facto desvalorizado pelo técnico José Mourinho, para quem "o melhor FC Porto é aquele que joga com onze, principalmente atendendo às semanas que aí vêm. Já me dou feliz por jogar com onze...", desabafou o treinador, acrescentando que vai esperar pelos próximos acontecimentos e se tiver que "utilizar jogadores da equipa B também não há qualquer problema".

Uma clara alusão à punição de Deco pela Comissão Disciplinar da Liga na sequência da resposta à agressão do maritimista Pepe, que impede o criativo brasileiro de defrontar o Benfica. Aliás, o técnico José Mourinho aproveitou a abordagem ao jogo desta noite para uma subtil alfinetada na Liga, argumentando que frente ao Denizlispor a sua equipa vai apresentar-se debilitada.

"Quando tenho tantos jogadores castigados para os jogos da SuperLiga, é óbvio que esses jogadores têm que jogar para a Taça UEFA. Graças ao que se está a passar na Liga portuguesa, a minha equipa também está debilitada nas competições europeias", explicou Mourinho, admitindo que frente ao Denizlispor vai fazer opções "em função dos jogadores disponíveis para os jogos dos próximos fins-de-semana..."

Sobre o primeiro duelo com os turcos, o treinador do FC Porto defendeu que "um bom resultado é ganhar, seja por que resultado for". José Mourinho admitiu também que está limitado no que concerne à análise do opositor apesar de ter visto "horas e horas de vídeos". Mesmo assim, o treinador garante que a equipa está responsabilizada e motivada "para jogar esta fase numa importante prova europeia e, por ironia, é o futebol português que sai beneficiado por aquilo que tem vindo a fazer".

José Mourinho garante que a sua equipa não acusa qualquer quebra e reafirma que o FC Porto "ainda está em condições de cumprir todos os objectivos traçados no início da época: ganhar campeonato, ir o mais longe possível na Taça UEFA e Taça de Portugal".
Ver comentários