Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Mourinho provoca: "Chelsea sofre desde que saí"

Começou a guerra de palavras a oito dias do tão esperado confronto. Inter de Milão e Chelsea defrontam-se a 24 deste mês, em jogo da 1.ª mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Mas se o duelo principal se fará dentro das quatro linhas, José Mourinho e Carlo Ancelotti optam por antecipar os 90 minutos com picardias mútuas.
16 de Fevereiro de 2010 às 17:16
José Mourinho aparece em quinto lugar na lista de melhores treinadores
José Mourinho aparece em quinto lugar na lista de melhores treinadores FOTO: d.r.

“O Chelsea sofreu muito nos dois últimos anos e não é coincidência que o declínio tenha começado depois de eu ter saído. Tínhamos uma relação única entre treinadores, jogadores e adeptos. É algo que, quando se quebra, não é fácil de recuperar”, disse ‘Mou’, citado pela revista ‘Nuts’. O responsável, esse, só tem um nome: Roman Abramovich.  “Com o dono que eles têm em Stamford Bridge, ou se conquista o título na primeira época ou dizem adeus”, atirou ‘il speciale’, justificando o valor da sua passagem pelo clube: “Dei-lhes o que precisavam, mas sempre soube que não era um trabalho que duraria para sempre.'

Carlo Ancelotti, técnico dos ‘blues’, não perdeu tempo na resposta, preferindo, no entanto, desviar atenções sobre as rivalidades de ambos. “Sei o que ele deu ao Inter e o que deixou no Chelsea. Até o sobretudo ficou no museu do clube”, disse o italiano, mostrando-se depois mais concentrado no duelo entre os 22 atletas. “O jogo não será entre nós os dois mas sim entre os jogadores”, finalizou.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)