Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

“Mourinho que vá à mer...”

"Diz a Mourinho que vá à mer..". Esta foi a frase que Sergio Ramos disse a Aitor Karanka, treinador adjunto do Real Madrid. Segundo o site espanhol Terra, o defesa ficou irritado quando soube que iria ser suplente na deslocação ao Espanhol (0-1), na 23ª jornada, e pediu a Karanka para transmitir o seu descontentamento.

26 de Fevereiro de 2011 às 00:30
Sergio Ramos (à esq.)
Sergio Ramos (à esq.) FOTO: Christophe Karaba/Epa

Este é o último episódio de uma relação tensa entre o internacional espanhol e o português. Em 20 de Novembro de 2010, na recepção ao Ath. Bilbao (5-1), Sergio Ramos decidiu converter um penálti, no lugar de Ronaldo. Dez dias depois, rubricou uma exibição horrível diante do Barcelona, em Camp Nou (5-0), e acabou expulso.

Ontem, ‘El Especial’ voltou a ‘atacar’ a Liga espanhola devido ao calendário: "O que digo faz rir os que têm poder. Fazem coisas para enganar."

SERGIO RAMOS REAL MADRID MOURINHO AITOR KARANKA
Ver comentários