Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Nadal arrasou e o seu amigo Frederico Silva sofreu decepção

Rafael Nadal nem queria acreditar quando soube que Frederico Silva – um dos seus mais requisitados parceiros de treino – tinha perdido, na segunda ronda do torneio de juniores, depois de ter estado a vencer por 5-0, no terceiro set.
4 de Junho de 2012 às 21:07
Nadal continua muito forte no torneio Roland Garros
Nadal continua muito forte no torneio Roland Garros FOTO: Yonan Valat/Epa

Rafa e Kiko devem voltar a cumprir uma sessão de treino, esta terça-feira, se bem que tal esteja ainda sujeito a confirmação. Ambos tiveram destinos e viveram emoções bem diferentes, nos respetivos compromissos. O espanhol garantiu o apuramento para os quartos de final, arrasando o também seu amigo argentino Juan “Pico” Mónaco (15º ATP), por 6-2, 6-0, 6-0. O jovem português e 14º do ranking mundial de Sub 18, perdeu com o italiano Matteo Donati (38º), por 6-1, 2-6 e 7-9, depois de desperdiçar a vantagem de 5-0 no set decisivo, e dois match points: a 5-3 e a 6-5.

“Estou muito triste e desiludido”, reagiu um ainda atónito Frederico Silva, após sofrer a maior deceção na sua ainda curta carreira. “Não é normal o que aconteceu. Ele em cinco, seis, sete, oito, noves vezes, metia a bola em cima da linhas e para mim não se tornou nada fácil contrariar alguém que passa a jogar dessa maneira”, acrescentou.

Uma pequena consolação, para tamanho “pesadelo”, surgiria mais tarde, com a qualificação para a segunda ronda de pares. Na companhia do sérvio Nikola Milojevic, impôs-se, por 6-0 e 6-3, ao usbeque Temur Ismailov e ao croata Filip Verger.

Quanto a Nadal, está cada vez mais perto de conquistar o sétimo título em Roland Garros e de superar o recorde de Björn Borg. Para já, igualou o número de encontros ganhos (49) do sueco em Paris, num torneio em que perdeu apenas uma vez – em 2009, diante de outro sueco, Robin Soderling – enquanto Borg sofreu duas derrotas.

Nadal discute o acesso às meias finais diante do compatriota Nicolas Almagro e os outros quartos vão opor: Novak Djokovic (Sérvia)-Jo-Wilfried Tsonga (França), Roger Federer (Suíça)-Juan Martin Del Potro (Argentina) – ambos esta terça-feira – e Andy Murray (Espanha)-Andy Murray (Escócia).

Para além de Del Potro, campeão do Estoril Open, também a campeã feminina do evento português, Kaia Kanepi (Estónia), assegurou um lugar nos quartos de final.

nadal ténis roland garros paris frederico silva
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)