Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Naide é trunfo para o pódio

“Poucos mas bons”, é desta forma que o seleccionador nacional Abreu Matos classifica a participação portuguesa nos ‘mundiais’ de pista coberta que hoje arrancam em Moscovo, mas com Anália Rosa (3000 metros), Naide Gomes (comprimento) e Nélson Évora (triplo) a entrarem em acção só amanhã .
10 de Março de 2006 às 00:00
Naide Gomes vai saltar para a medalha em Moscovo
Naide Gomes vai saltar para a medalha em Moscovo FOTO: Fabrice Kofrini, Epa
“A delegação falha na quantidade, mas não na qualidade”, defendeu ontem Abreu Matos, confiante num bom desempenho do trio português. “Já se sabe que é uma delegação curta, como poucas vezes se viu em Campeonatos do Mundo. Mas vamos fazer boa figura”, vaticinou, considerando que existem reais possibilidades de Naide Gomes subir ao pódio, de Nélson Évora ficar entre os oito primeiros e que Anália Rosa, que viu ontem a organização anular as meias-finais dos 3000 metros, a brilhar na final de amanhã.
Naide e Nélson também só iniciam a sua participação amanhã a pensar nas finais das suas provas no dia seguinte. “A qualificação são só três saltos, é o primeiro grande teste que vão ter de passar. Muitos vão ficar pelo caminho e a luta entre os oito melhores vai ser equilibrada. O nível de exigência é altíssimo, mas a Naide e o Nélson são dos melhores”, revelou confiante acrescentando que o quarto lugar de Naide no ‘ranking’ abre-lhe boas perspectivas para chegar ao pódio.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)