Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Naide inspirada pela prata de Évora

A má prestação nos Jogos Olímpicos de Pequim já faz parte do passado. Naide Gomes garante estar "mais forte e motivada" para lutar por uma medalha no salto em comprimento nos Mundiais de Berlim. A medalha de prata de Nélson Évora deu à saltadora "motivação e confiança". "O Nélson motivou-me, é um lutador e um grande campeão, foi estimulante estar ali a viver a final", salientou Naide Gomes, que amanhã entra em acção com as eliminatórias do salto em comprimento.
20 de Agosto de 2009 às 00:30
Nélson Évora (prata), Phillips Idowu (ouro) receberam ontem as medalhas
Nélson Évora (prata), Phillips Idowu (ouro) receberam ontem as medalhas FOTO: José Sena Goulão/Lusa

A recente lesão no tendão de Aquiles do pé direito não retira confiança à campeã do mundo de pista coberta: "Vou ter de aguentar... estou confiante, gostaria de bater o recorde nacional, mas primeiro quero pensar na qualificação, vamos por etapas."

Naide garante que continua a ser "uma grande atleta" e que para a discussão das medalhas a fasquia estará bem alta, para lá dos 7 metros.

Ontem, a bandeira portuguesa subiu ao segundo lugar mais alto do pódio – Nélson Évora recebeu em Berlim a medalha de prata relativa à prova de triplo salto. "Já tenho todas. Agora só quero repetir a primeira que conquistei: a de Ouro", disse o atleta do Benfica.

No quinto dia dos Mundiais, destaque para a prestação de Sara Moreira. A única portuguesa ontem em acção qualificou-se para a final dos 5000 metros ao ser quinta classificada na primeira série, apurando-se directamente com o tempo de 15:19,93 minutos. A final desta prova realiza-se no sábado.

APONTAMENTOS

SEXO EM CAUSA

A sul-africana Caster Semeneya venceu ontem a prova de 800m femininos, mas antes teve que realizar testes para confirmar se é mesmo uma mulher.

USAIN BOLT

O jamaicano Usain Bolt qualificou-se tranquilamente para a final dos 200 metros, ao vencer a primeira meia-final com o registo de 20,08 segundos.

JAMAICANOS

Cinco atletas jamaicanos vão ser afastados das provas de velocidade nos Mundiais por processos pendentes de alegada dopagem.

RESULTADOS

FINAIS

5000 metros F – Semifinais 1

1.º Sentayehu Ejigu (ETI) 15:17.64m

2.º Sylvia Kibet (QUE) 15:17.77m

3.º Meselech Melkamu (ETI) 15:18.39m

4.º Krisztina Papp (HUN) 15:19.90m

5.º Sara Moreira (POR) 15:19.93 m

5000 metros F – Semifinais 2

1.º Meseret Defar (ETI) 15:16.46m

2.º Vivian Cheruiyot (QUE) 15:16.59m

3.º Iness Chenonge (QUE) 15:18.40m

4.º Genzebe Dibaba (ETI) 15:19.66m

5.º Alemitu Bekele (TUR) 15:19.88 m

1500 metros M – Final

1.º Yusuf Kamel (BAR) 3:35.93m

2.º Deresse Mekonnen (ETI) 3:36.01 m

3.º Bernard Lagat (EUA) 3:36.20 m

4.º Asbel Kiprop (QUE) 3:36.53m

5.º Augustine Choge (QUE) 3:36.57m

200 metros M – Meiafinal 1

1.º Usain Bolt (JAM) 20.08s

2.º Alonso Edward (PAN) 20.22s

3.º Shawn Crawford (EUA) 20.35s

4.º David Alerte (FRA) 20.45s

200 metros M – Meiafinal 1

1.º Wallace Spearmon (EUA) 20.14s

2.º Steve Mullings (JAM) 20.26s

3.º Charles Clark (EUA) 20.27s

4.º Ramil Guliyev (AZE) 20.28s

FINAIS DE HOJE

19h10 – Salto em Altura M

20h15 – 400 metros Barreiras F

20h35 – 200 Metros M

20h55 – 110 Metros Barreiras M

21h15 – 1500 metros Decatlo M

PORTUGUESES

Lançamento do martelo F

Vânia Silva

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)