Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

"Não adianta estar a tremer"

Técnico canarinho reconhece favoritismo da equipa espanhola, mas quer manter identidade
19 de Setembro de 2013 às 01:00

"Não adiantava termos trabalhado tanto para chegarmos aqui e agora estarmos a tremer. De resto, queremos manter a nossa identidade e a nossa filosofia de jogo, como sempre fazemos", disse ontem Marco Silva, treinador do Estoril, na antevisão do jogo de hoje com o Sevilha (20h05, Sport TV Live), da 1ª jornada do Grupo C da Liga Europa, que integra ainda Friburgo e Slovan Liberec.

"O Sevilha é claramente a equipa mais forte deste grupo e o principal candidato a ser primeiro classificado. Tem de o provar dentro de campo, é certo, mas teoricamente é o principal favorito", acrescentou, mostrando, ainda assim, ambição.

"Empatar não seria um mau resultado, mas nunca pensamos nisso antes de um jogo começar, pensamos sim em ganhar. É com este pensamento que temos levado o Estoril longe e não podemos mudá-lo nunca", vincou. Por fim, deixou um conselho aos jogadores: "Não vale a pena ficarem nervosos. É um jogo motivante, aliciante, e que deve ser aproveitado."

Para chegar à fase de grupos da Liga Europa, o Estoril eliminou o Hapoel Ramat Gan (0-0 e 1-0) e o Pasching (2-0 e 2-1).

estoril sevilha liga europa marco silva
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)