Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

"Não perdemos há três anos”

O treinador leonino, Paulo Bento, afirmou que tem "todos os argumentos" para ganhar na Luz".
27 de Setembro de 2008 às 00:30
'Não perdemos há três anos”
'Não perdemos há três anos” FOTO: Paulo César/Record

– Qual é a situação de Marco Caneira e de Izmailov?

Paulo Bento – Não estão aptos por lesão, tal como Vukcevic, que sofreu uma entorse no treino desta manhã [ontem].

– Liedson vai jogar?

– Está convocado.

– O que espera do dérbi?

– Vai ser um jogo difícil, contra uma equipa que tem qualidade, apesar das muitas caras novas que chegaram este ano. E o treinador quererá deixar a sua marca. É um estádio onde não perdemos há três anos. Isso não chega, mas pode ajudar.

– Pela posição que ocupa na classificação, o Sporting é favorito?

– Não. Temos 50 por cento de possibilidades de ganhar um jogo a um rival na luta pelo título. É um adversário que está motivado após ter conquistado a primeira vitória da época em jogos oficiais. Mas vai defrontar um opositor que em cinco jogos oficiais ganhou quatro, fez o pleno de pontos na Liga e ganhou um troféu. Somos uma equipa confiante, organizada e solidária, que tem todos os argumentos para fazer um bom jogo na Luz e um bom resultado. E um bom resultado é a vitória.

– Mesmo perdendo o Sporting ficará sempre à frente dos rivais. Isto retira pressão à equipa?

– Não, dá-nos é maior responsabilidade. E não nos retira também a vontade e determinação. Queremos manter o primeiro lugar. O objectivo passa por aumentar a vantagem e não por a manter.

– Entende as palavras de Jesualdo Ferreira quando afirmou que o processo ‘Apito Dourado’ pode condicionar as exibições dos árbitros?

– Entendo. E é normal que fale. Pensava que era o único a falar das arbitragens, mas aos poucos todos falam. Uns falam dos árbitros nacionais, outros dos internacionais. Primeiro é preciso resolver o caso, o que parece que ainda não está, nem sabemos quando vai estar. E há outra coisa que deve preocupar: não arranjar prejudicados depois do ‘Apito Dourado’ porque se calhar já se arranjou alguns durante. Isso é que é preciso averiguar – e quanto mais rápido melhor. 

BENTO RECUSA COMPARAR CASOS MOUTINHO E VOKCEVIC

O técnico do Sporting, Paulo Bento, reafirmou ontem que conta com Vukcevic, assegurou que teria chamado o jogador para o dérbi "se estivesse apto" e recusou comparar o caso do montenegrino com o de João Moutinho. "Tenho de tratar todos os jogadores com respeito, mas cada caso é um caso e não se resolvem da mesma forma. Nunca faltei ao respeito nem ao Moutinho nem ao Vukcevic e no dia em que tiver de explicar a todos tintim por tintim não vão restar dúvidas sobre o que aconteceu, porque eu não tenho telhados de vidro", disse.

Bento quis ainda "tranquilizar" os adeptos, garantindo que o Sporting "saberá resolver todos os problemas que surgirem". Quanto ao que foi dito sobre o caso Vukcevic – desde Soares Franco a Derlei – o técnico frisou ser "muito difícil encontrar consensos num grupo" e que convive bem com "as diferenças de opinião".

O OLHAR DOS ADEPTOS

PABLO AIMAR E LIEDSON DEVEM JOGAR DE INÍCIO?

JOÃO BOTELHO - BENFICA

Aimar é um dos melhores futebolistas que já vi jogar. No Benfica ainda não apareceu esse Aimar fantasista, criativo, com uns belíssimos pés e grandes doses de energia. Se ele estiver disposto a correr mais, a entregar-se ao jogo com a energia que tinha quando actuava na selecção da Argentina, onde era uma grande figura, a minha resposta é claramente sim, deve jogar de início. Porque ele é sempre um titular, estando em boa forma física. Mais tarde, quando o cansaço aparecer, então aí sim, ele sai e entra o Nuno Gomes. Quanto ao Liedson, a questão é mais simples: como não joga o Luisão, também pode jogar a titular que não há problema algum.

JOÃO BRAGA - SPORTING

Devem ser titulares os jogadores que cada treinador bem entender. Não creio é que o Benfica tenha investido tanto num craque com a projecção do argentino para o deixar de fora no segundo dérbi da época. Pela parte que me toca, estou convencido de que o Liedson, como sempre, pode ajudar a resolver a partida, mas Paulo Bento também sabe disso e eu confio nas suas decisões. No entanto, há mais leões com que eu conto para saltarem do banco e participar na vitória do meu emblema, como Pereirinha, Derlei ou Postiga e, em SOS, Adrien Silva ou Daniel Carriço e mesmo Tiuí, talhado como é para os clássicos. O Sporting não deve perder esta chance de reforçar a sua liderança, por muito que isso custe ao lampião aqui de cima.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)