Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Ndiaye faz Estrela cintilar na Liga

A derrota na última jornada frente ao Sp. Braga, que interrompeu o ciclo de nove jogos sem perder, não inibiu o Estrela da Amadora de regressar às vitórias frente ao Marítimo (1-0). Os tricolores venceram ontem de forma justa contra uma formação madeirense que pouco ou nada mostrou para levar da Reboleira um outro resultado que não fosse a derrota.
5 de Março de 2007 às 00:00
Lutou-se muito na Reboleira, mas o triunfo dos amadorenses foi justo
Lutou-se muito na Reboleira, mas o triunfo dos amadorenses foi justo FOTO: Inácio Rosa, Lusa
À partida defrontavam-se duas equipas com estados anímicos antagónicos. De um lado um Marítimo motivado pela vitória ante o U. Leiria, dando a volta a um resultado negativo com um jogador a menos. Do outro o Estrela, orientado por Daúto Faquirá, derrotado em Braga, colocando ponto final numa série de resultados positivos.
O jogo propriamente dito não teve grande história. Os amadorenses foram quase sempre superiores perante os insulares – com dez estrangeiros na equipa titular (Filipe Oliveira foi o único luso no onze escolhido por Ulisses Morais). Aos 22’ surgiu o golo. Na sequência de um canto da esquerda, Ndiaye surgiu solto de marcação dentro da área e cabeceou para o fundo da baliza de Fábio. O segundo tempo trouxe mais do mesmo. O Estrela a dominar face a um Marítimo apático, sem soluções e que mostrou poucos pergaminhos pela luta por um lugar europeu.
FICHA DO JOGO
Local: Estádio José Gomes, na Reboleira (1.059 espectadores)
Árbitro: Artur Soares Dias (Porto)
ESTRELA DA AMADORA: Paulo Lopes, Rui Duarte, José Fonte, Amoreirinha, Hugo Carreira, Luís Loureiro (Daniel, 60m), Marco Paulo (Jaime, 60m), Tiago Gomes, Nuno Viveros, Ndiaye e Moses (Rui Borges, 71m). Treinador: Daúto Faquirá.
MARÍTIMO: Fábio, Filipe Oliveira (Briguel, 46m), Von Schwedler, Milton do Ó, Evaldo, Wénio (Moukouri, 37m), Olberdam, Arvid, Marcinho (Lipatin, 77m), Douglas e Mbesuma. Treinador: Ulisses Morais.
Marcador: 1-0, Ndiaye (22m)
Acção disciplinar: cartões amarelos - Luís Loureiro (23m), Filipe Oliveira (36m), Amoreirinha, (37m), Briguel (53m), Daniel (70m), Nuno Viveros (78m), Rui Duarte (83m), Olberdam (88m)
Melhor jogador: Ndiaye
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)