Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

“Nota positiva roça o ridículo”

André Villas-Boas não se conforma com a nota positiva atribuída ao árbitro Jorge Sousa, que apitou o clássico da última jornada com o Sporting (1-1). "Como é que alguém pode ter nota positiva com uma exibição tão má e com influência no resultado? Roça o ridículo. A pessoa que a atribuiu devia ter mais bom senso e critério", defendeu o treinador do FC Porto, reprovando o golo em posição irregular dos leões e a expulsão que o deixará longe do banco frente ao V. Setúbal amanhã (19h45, TVI).
5 de Dezembro de 2010 às 00:30
O treinador portista André Villas-Boas estará na bancada, mas acredita na vitória da sua equipa
O treinador portista André Villas-Boas estará na bancada, mas acredita na vitória da sua equipa FOTO: Luís Vieira/Record

Apesar de castigado, o técnico portista garantiu que "não haverá problemas de comunicação" e propôs-se a vencer o desafio, dizendo que "o objectivo interno" dos dragões é "continuar a ganhar até ao Natal". "Queremos cumprir esse objectivo. É importante que a equipa se mantenha com as obrigações, sentir a pressão das equipas que se aproximam, porque jogamos segunda-feira, e queremos aumentar a margem de diferença para os nossos perseguidores", explicou, lamentando o facto de "ficar longe do banco pela primeira vez na carreira".

Sobre o adversário da 13ª jornada, Villas-Boas tem as melhores referências: "O V. Setúbal vai colocar-nos dificuldades, apesar de ter ausências importantes. Não devem jogar de peito aberto, mas vão ameaçar com profundidade e jogo longo", disse, desdramatizando o facto de o FC Porto ter jogado em condições muito adversas em Viena, na passada quinta-feira: "Saímos machucados, Varela não deve jogar e Fernando está em dúvida. Mas estaremos preparados para ganhar."

WALTER TOMA O LUGAR DE VARELA NA CONVOCATÓRIA

A provável ausência de Varela no duelo com o V. Setúbal vai proporcionar o regresso de Walter à convocatória de André Villas-Boas. Quem o disse foi o próprio treinador. "Ainda temos mais um dia para decidir, mas, tendo em conta esta indefinição em torno de Varela, o Walter deve regressar", assumiu, pouco crente na recuperação do extremo, que se ressentiu de uma lesão muscular na coxa direita, no jogo com o Rapid, em Viena. Diga--se que, depois da estreia com golos no campeonato, Walter ficou em branco na Taça e desapareceu das escolhas do técnico.

Villas-Boas recusou-se a destacar as actuações de Falcão, que tem somado vários jogos consecutivos a marcar e apontou um hat-trick em Viena. "Falcão é decisivo como são os outros. Teve uma noite de sonho potenciada pelo colectivo."

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)