Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

O FIM A CONTA-GOTAS

Começou ontem a segunda fase de demolição do velho Estádio a Luz que deverá ficar concluída em finais de Julho. Para já, e durante as próximas duas semanas, os trabalhos serão menos ‘vistosos’ efectuando-se a remoção de tudo o que não seja betão e ferro (madeiras, vidros, plásticos, etc..) dentro do estádio.
2 de Abril de 2003 às 00:00
Ainda assim, ontem à tarde as rampas três e quatro foram deitadas abaixo por uma giratória com tesoura, permitindo assim que a maquinaria mais pesada pudesse circular livremente nas imediações do recinto.
João Silva, director de obra responsável pela demolição do Estádio da Luz, explicou como irá desenrolar-se o processo: “Num primeiro tempo estarão envolvidos nos trabalhos cerca de 150 operários e pequeno equipamento. Depois, na fase de demolição propriamente, teremos apenas os responsáveis pela segurança e os operadores da maquinaria pesada”.
De acordo com o engenheiro da Somague, o velho estádio vai mesmo ser reaproveitado. “Grande parte do entulho será reaproveitado. O betão será britado em obra para a utilização em outras empreitadas. Teremos cerca de dois a três metros de entulho dentro do recinto durante a demolição, mas em meados de Agosto tudo estará limpo”, disse João Silva.
A conclusão das obras de demolição do estádio deverá coincidir com os trabalhos de acabamento do novo recinto. Aliás, os avanços na construção do novo ‘ninho da águia’ continuam a ser notórios. João Silva adiantou que dentro de mês e meio a cobertura deverá estar totalmente concluída e tudo indica que o estádio estará pronto dentro do prazo previsto (30 de Setembro).
TRANSFERÊNCIA DE MIGUEL NEGADA
O Benfica voltou ontem a desmentir uma eventual transferência de Miguel, contrariando assim as declarações de Paulo Barbosa, empresário do jogador. O agente FIFA afirmara que o Inter poderia avançar com uma proposta no final da época, mas os ‘encarnados’ vieram a público dar como impossível tal negócio. “A manutenção de um jogador com as características do Miguel é extremamente importante no contexto da construção de uma equipa forte, susceptível de atingir os objectivos a que o clube – no futuro imediato e não só – se propõe”, afirmou João Malheiro, director de comunicação do Benfica, após o apronto realizado ontem no Estádio Universitário. O treino ficou marcado pelos regressos ao trabalho de Carlitos e Cabral, após lesão, dois jogadores que estão às ordens de José Antonio Camacho para o jogo com o P. Ferreira.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)