Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Olímpico Thorpe volta para Jogos de 2012

O nadador australiano Ian Thorpe anunciou o seu regresso aos 28 anos esta quarta-feira. O quíntuplo campeão olímpico ambiciona participar nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012. O regresso do ‘Torpedo’ surge, após deste ter sido visto a treinar em diferentes piscinas em Sydney, no final do ano passado, o que levou à especulação de um regresso iminente. Já se antevê o confronto com o campeão mundial actual, Phelps.
2 de Fevereiro de 2011 às 13:08
Nadador venceu a medalha de ouro nos 200 e 400 metros livres e foi bronze nos 100 metros
Nadador venceu a medalha de ouro nos 200 e 400 metros livres e foi bronze nos 100 metros FOTO: Arquivo Record

"A decisão de voltar à competição foi ponderada", disse Thorpe em conferência de imprensa, na qual explicou que tem treinado nos últimos quatro meses em oito piscinas diferentes para não "levantar suspeitas" e pediu desculpa aos amigos por lhes ter "mentido deliberadamente" sobre os seus planos futuros.

O australiano está já a preparar os 400 metros livres, que vai treinar em Abu Dhabi e na Europa.

PROVA DO SÉCULO

O regresso, após quatro anos de ausência, do nadador que conta no currículo com oito ano de alta competição, durante os quais conquistou cinco títulos olímpicos, 11 mundiais e estabeleceu 23 recordes mundiais leva à antecipação do duelo com Michael Phelps. A última vez que ambos se defrontaram foi apelidado de 'Prova do Século'. Thorpe ganhou em Atenas os 100 (medalha bronze), e bateu Phelps nos 200 e 400 metros, tornando-se o primeiro nadador a conseguir juntar as três medalhas numa competição.

O nadador olímpico, Mark Spitz, considerou fantástico o regresso de Thorpe e disse ao ‘Sydney Morning Herald' que este regresso "não vai pôr o Michael Phelps nervoso".

Para Spitz, "Thorpe não precisa de voltar à natação para ganhar outra medalha de ouro, nem precisa de voltar para ‘bater' Michael Phelps porque fê-lo em Atenas [em 2004 nos 200 metros] e eu estava lá para vê-lo. Ele ou o faz pelo dinheiro e/ou quer provar a si mesmo o grandioso que é, que pode sair do desporto por quatro anos e voltar para ensinar àquele miúdo [Michael Phelps] uma lição."

O treinador de Phelps já deu as boas-vindas, sublinhando que "tê-lo de volta à competição só pode aumentar o interesse e o entusiasmo pelo desporto." Bowman afirma que Thorpe "percebe as exigências e de certeza só voltou porque está confiante que pode competir ao nível de topo".

ian thorpe torpedo michael phelps olimpicos jogos 2012 jogos olimpicos de londres natação mark spitz
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)