Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

OS CIRÚRGIÕES DA TECNOLOGIA

Uma boa prestação numa prova de ciclismo depende não só do estado físico e psicológico dos corredores mas também do seu instrumento de trabalho.
Tal como o futebolista não joga sem a existência de uma bola, o ciclista também não pedala sem uma bicicleta. Como tal, esta tem de estar num ‘brinquinho’.
14 de Agosto de 2003 às 23:36
Além do mais, a tecnologia tem contribuído, e de que maneira, para a evolução do ciclismo, com a adopção de materiais cada vez mais leves e eficazes.
O Correio da Manhã foi falar com um mecânico para perceber melhor este mundo. Carlos Rocha, de 31 anos, é o actual mecânico do Carvalhelhos Boavista. Foi ciclista durante 11 anos, sempre como amador, mas um problema na coluna fê-lo descer da bicicleta.
“O vício do ciclismo foi um tio que me incutiu. Sempre que podia ia ver as provas”, adiantou. Contudo, já quando competia, Carlos Rocha tinha um pouco de mecânico em si.
“A minha bicicleta era eu que a montava e desmontava. É bom mexer na bicicleta e nas peças”.
O mecânico ‘axadrezado’, durante a Volta a Portugal, não tem mãos a medir.
“Depois das etapas as bicicletas são lavadas, lubrificadas, apertam-se parafusos e, no outro dia de manhã, é só encher as rodas”, adiantou.
bicicleta custa 2500 euros
As modernices pagam-se caro e, como tal, as bicicletas do Boavista que lhe passam pela mão não são nenhum brinquedo.
“Cada uma custa cerca de 2500 euros”, referiu o nosso interlocutor.
Apesar dos avanços tecnológicos, tudo pode acontecer num futuro breve.
“Há sempre qualquer coisa a melhorar. Daqui a um, dois anos prevejo que as rodas das bicicletas tenham menos raios”, avançou Carlos Rocha, que gostaria de testar uns travões discos nas bicicletas.
UMA VOLTA PELA VOLTA
Público. Esta etapa passou por algumas das terras com maior tradição na modalidade. Como tal S. João da Madeira brilhou ao registar a maior assistência desta edição da Volta.
‘Motard’. Elsa Raposo viveu uma nova experiência ao aceitar o convite para acompanhar a etapa de moto. Num ápice tornou-se ‘motard’. Quem gostou da ideia foram os ciclistas que fartaram-se de mandar beijinhos. Felizmente não houve quedas!
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)