Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

“Os grandes campeões veem-se nestes momentos”, diz Sérgio Conceição

Treinador do FC Porto já dissecou o que correu mal com o Liverpool e garante foco total no Rio Ave e na conquista do título nacional.
Sérgio Pereira Cardoso 18 de Fevereiro de 2018 às 07:59
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição
Foco total no campeonato. Sérgio Conceição não se escondeu, nem evitou o tema da goleada sofrida (0-5) frente ao Liverpool, mas entende que essa pesada derrota tem de ser atirada para trás das costas, tendo em vista a concentração no objetivo maior.

"Na preparação para um jogo não pensamos no anterior. Claro que temos de tirar ilações e tentar melhorar. No dia seguinte, dissecámos o que fizemos de mal e começámos a pensar no Rio Ave", garantiu. "O nosso principal objetivo sempre foi o campeonato. Nunca disse o contrário. É assim para quase todos os clubes. Para nós [FC Porto], com o fator acrescido de não conseguirmos o título há quatro anos", acrescentou.

Para fechar o dossiê Liverpool, Conceição entende que a diferença não é tão grande como o foi em campo. "Mas não quero encontrar desculpas, nem nos escondemos de nada. Até porque eliminámos o vice-campeão da Alemanha [RB Leipzig], que tem o campeonato mais competitivo do Mundo, que foi ganhar ao líder da Liga italiana, Nápoles, por 3-1", recordou. "Os grandes campeões veem-se nestes momentos difíceis e já demos boas respostas após as derrotas com o Leipzig e com o Besiktas", frisou.

Sobre o adversário de hoje, Conceição entende que pouco muda o facto de ter saído Rúben Ribeiro. "Vai ser muito difícil, frente a uma equipa que privilegia a qualidade de jogo", atirou, desvalorizando as situações de final de contrato de Reyes e Marcano.

"Estão esses dois centrais, o Maxi e o Casillas. É a realidade. Mas vejo um compromisso muito grande. Não há ninguém que fale em contrato no balneário. Tenho a certeza, porque já confrontei os jogadores. Dão-me total confiança e garantia", assegurou. 

"Este jogo é uma oportunidade" 
"Vemos este jogo como uma oportunidade, porque na Liga portuguesa ainda ninguém ganhou no Dragão. Será uma tarefa dificílima, mas vamos tentar tirar pontos ao FC Porto", referiu Miguel Cardoso, treinador do Rio Ave, para quem o mau resultado portista na Champions "nada altera" na abordagem ao jogo.
Sérgio Conceição Miguel Cardoso Liverpool Alemanha FC Porto Leipzig Mundo Liga Nápoles Nápoles Besiktas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)