Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Os grandes jogos dispensam favorito

"Jorge Costa foi um grande jogador, merece muito respeito e claro que quer jogar", (Co Adriaanse, treinador do FC Porto). O tempo verbal utilizado pelo treinador do FC Porto diz quase tudo sobre o futuro do central no Dragão. Restará depois procurar uma resposta para a pergunta sim: porquê assim?
19 de Novembro de 2005 às 00:00
Os grandes jogos dispensam favorito
Os grandes jogos dispensam favorito
1. E o jogo de hoje às 17h00 é obviamente ‘grande’, um dos mais importantes da Liga. Mas nada decide. Mesmo que o Sp. Braga vença, o que deixaria o Benfica a oito pontos do líder.
2. Este campeonato tem confirmado a tendência do anterior e os grandes somam ainda menos pontos do que em 2004/05, com praticamente um terço da Liga disputada. Se o campeão não passar em Braga será apenas normal.
3. Esse é o principal sinal do crescimento do Sp. Braga: pode ganhar ao Benfica e ninguém se espantará. Jesualdo tem mais cinco pontos do que Koeman e também por isso vai bater o recorde de assistência no novo estádio.
4. De resto, o Sp. Braga é, nesta altura, melhor equipa do que o Benfica. Sublinho: nesta altura. Competente a defender, maduro no meio-campo, suficientemente eficaz na frente. O campeão oscila demasiado atrás, ainda não encontrou o equilíbrio no meio e depende muito de Simão e Nuno Gomes para fazer golos. Claro, o Benfica tem melhores jogadores em algumas posições, mas vai precisar desse talento para esconder deficiências e driblar os pontos fortes do líder. O momento físico de Simão será outra vez um ponto crucial.
5. Uma das grandes diferenças entre Sp, Braga e Benfica acontece no momento em que cada uma das equipas começa a pensar as jogadas, a partir de trás. Jesualdo gosta de o fazer devagar, sem perdas de bola que desequilibrem quem ataca. Koeman prefere chegar mais depressa à frente, muitas vezes em bolas longas. Também por ser assim, o Benfica cria maior número de oportunidades, tem mais golos, mas também se expõe de outra forma.
6. Apesar das diferenças, há aspectos em que, dizem os números, bracarenses e benfiquistas até são parecidos. Quase 50 por cento dos golos de ambos surgiram de bola parada e cada um marcou três de cabeça. Num jogo apitado por João Ferreira certamente não faltarão oportunidades para testar estas indicações…
7. Mas os números, sabemo-lo, raramente dizem tudo. O Benfica, por exemplo, tem este ano mais um golo marcado, mas Koeman conseguiu menos três pontos do que Trapattoni. O Sp. Braga soma mais sete pontos, com menos três golos.
8. O jogo promete duelos empolgantes. Um dos mais curiosos acontecerá quando dois dos melhores fabricantes de golos da Liga, Nélson (5 assistências) e Jorge Luiz (3), se encontrarem.
9. O Sp. Braga-Benfica da época passada acabou por ser um 0-0 espectacular. Ninguém acredita que esta temporada a partida nos ofereça muitos golos. Mas a emoção está garantida. Sem favorito, porque desnecessário em jogo grande. Como este já é, mesmo antes de o ser.
FIGURA: MORETTO, A CONFIRMAÇÃO
As equipas que estão melhor do que se esperava assentam o seu jogo em defesas sólidas: Sp. Braga, Nacional e V. Setúbal. Se Paulo Santos já chegou à Selecção e os madeirenses já apresentaram três guardiões, os sadinos têm promovido Moretto, que encaixou dois dos três golos sofridos pelo clube. Um brasileiro que está a confirmar qualidades.
NÚMERO: 200 GOLOS, APENAS
Marcel marcou no último jogo da 10.ª jornada o golo 200. O facto em si não é estranho, até porque o avançado é o terceiro melhor marcador da Liga, responsável por mais de 60 por cento dos golos da Académica. Na época passada, por esta altura, já contávamos mais 28 golos. Se a tendência se mantiver valerá a pena procurar percebê-la.
E OS OUTROS?: MOUTINHO, O NOVO CENTRO
Um dos problemas do Sporting foi ter deixado sair demasiada gente no meio-campo. Isso afectou a equipa e até os bons jogadores como João Moutinho o sentiram. A julgar pelo que fez nos últimos jogos, o ‘28’ parece recuperado. Um Sporting equilibrado terá de funcionar em torno de Moutinho.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)