Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Os grandes não têm paciência

José Antonio Camacho, treinador do Benfica, admite que se a equipa não demonstrar atitude irá encontrar muitas dificuldades em Setúbal e lembra que frente aos encarnados todas as equipas dão mais de cem por cento.
5 de Janeiro de 2008 às 00:00
– Como espera ultrapassar um adversário [V. Setúbal] que já ganhou uma vez ao Benfica nesta época?
José Antonio Camacho – Temos de entrar em campo determinados, pois vamos ter quatro jogos em Janeiro, um deles para a Taça de Portugal. Fevereiro e Março vão ser meses muito complicados e a melhor forma de encarar essas dificuldades é ganhar todos os jogos. O primeiro é já com o V. Setúbal e por isso, temos de fazer tudo para vencer.
– Vai utilizar Luís Filipe como lateral-esquerdo?
– Se Léo não estiver em condições, jogará Luís Filipe ou David Luís. O Léo diz que se sente mal, mas não tem febre, por isso vamos aguardar e ver como evolui. Ainda temos algum tempo até começar o jogo.
– Nuno Gomes disse que, se calhar, Lisandro Lopez seria dispensado e no clube não havia paciência...
– Nos clubes grandes não há paciência. Não é só em Portugal que isso acontece, em todo o Mundo é igual. A prova é que sempre que os resultados não são favoráveis, muda tudo, os treinadores são despedidos e são contratados novos jogadores.
– Gostava que houvesse mais paciência?
– Sou treinador e não dirigente, pelo que gostava que houvesse paciência. Mas muitas vezes não pode ser e temos de saber aceitar o futebol como é.
– Já definiu a estratégia para passar num dos campos mais difíceis da Liga?
– Temos de sair a ganhar desde o primeiro minuto. O Vitória de Setúbal terá de despender um grande esforço para nos ganhar. Devemos fazer tudo como deve ser e encarar este jogo com muita atitude. Mas se facilitarmos, é evidente que vai ser difícil alcançar os três pontos. Contra o Benfica, todas as equipas se motivam mais, dão mais de cem por cento para nos ganhar.
– Binya e Marc Zoro vão estar na CAN’2008. Isso pode ser prejudicial aos interesses da equipa?
– Pode, sobretudo no caso de Bynia, que tem sido alternativa. O Zoro não tem jogado. Mas estamos a preparar-nos para colocar Maximiliano Pereira ou Petit naquela posição. Temos ainda outras alternativas no plantel.
– Marc Zoro vai continuar no plantel?
– Acho que sim.
– Por que é que ainda não chegaram os reforços que pretende?
– O mercado só reabriu há três ou quatro dias e não sei dizer se vêm. Imagino que estejam em negociações. É algo que não depende só do clube. Às vezes, pretende-se trazer um jogador, mas ele não quer, e quando não é essa a razão, são os clubes a travar a operação. Mas a Direcção sabe o que pretendo.
– Quantos reforços pediu à Direcção?
– Pedi alguns.
– Tem garantias de que todos eles vão chegar?
– Não, seguramente, não vão chegar todos os que pedi.
– A equipa volta a estar na posição que antecedeu o jogo com o Belenenses, a sete pontos do líder, FC Porto. Tem garantias de que a atitude será diferente?
– Os jogadores é que determinam como vão encarar o jogo. Sabem que se o Benfica não estiver a um nível alto, vão sentir muitas dificuldades. Não se podem relaxar.
JÚNIOR RUBEN ENTRE OS CONVOCADOS
Ruben Lima, lateral-esquerdo dos juniores do Benfica, foi ontem incluído na lista de 19 jogadores chamados por José Antonio Camacho para o jogo com o Vitória de Setúbal, esta noite, no Bonfim. A presença do jovem brasileiro deve-se às dúvidas sobre Léo, que ontem não se treinou, por estar a contas com uma síndrome gripal. O habitual titular foi convocado, mas continua em dúvida até à hora do jogo. Recuperado está o central David Luiz, que disputa com Luiz Filipe a possibilidade de um deles ser adaptado ao corredor esquerdo. Nuno Gomes está definitivamente de fora, devido a uma lesão nas costas.
Para o jogo com os sadinos, Camacho chamou Butt, Quim, Luisão, Léo, Luís Filipe, Katsouranis, Petit, ‘Maxi’ Pereira, Rui Costa, Mantorras, Di María, Nélson, Freddy Adu, Edcarlos, David Luiz, Cardozo, Rodriguez, Nuno Assis e Ruben Lima.
BREVES
PRÉMIOS
Luís Filipe Vieira vai marcar presença, hoje, pelas 14h00, na entrega de prémios do I Torneio do Clube de Golfe do Benfica de Santo Estêvão Golfe, em Santo Estêvão, próximo de Benavente. O presidente do Benfica irá fazer a entrega de prémios.
QUATRO MILHÕES
O Palmeiras subiu a parada por Diego Souza, aproximando-se dos 4 milhões de euros pretendidos pelo Benfica. De acordo com a ‘Folha On-line’ (Brasil), a oferta só foi possível devido à parceria do clube paulista com uma empresa de marketing desportivo. O contrato já terá sido apresentado ao Benfica.
ZORO VIAJA HOJE
O central Marc Zoro viaja hoje para a Costa do Marfim. O jogador do Benfica foi convocado pelo seleccionador marfinense, o alemão Uli Stielike, para a Taça das Nações Africanas, que se realiza entre 20 de Janeiro e 10 de Fevereiro.
V. DETÚBAL ESTÁ NA MÁXIMA FORÇA
Carlos Carvalhal, treinador do Vitória de Setúbal, tem todos os atletas aptos a dar o contributo à equipa na partida de hoje, 19h15, com o Benfica.
“Vamos entrar no novo ano com o mesmo espírito e empenho demonstrados até aqui”, disse ontem o médio Ricardo Chaves, frisando que o objectivo da equipa é a “permanência”.
Convocados: Eduardo, Milojevic, Janício, Robson, Auri, Hugo, Adalto, Sandro, Ricardo Chaves, Elias, Filipe Gonçalves, Bruno Ribeiro, Bruno Gama, Paulinho, Leandro, Pitbull, Matheus e Edinho.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)