Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Pacheco reclama reforços

Jaime Pacheco disse ontem, na antevisão ao jogo com a Naval (amanhã, 16h00), que o Boavista tem de se reforçar em Janeiro, “doa a quem doer.”
15 de Dezembro de 2007 às 00:00
“Camuflar a verdade não é trabalhar bem. O plantel precisa de maior competitividade interna e de se renovar”, frisou Pacheco, revelando que já tem uma ideia sobre os jogadores que pode dispensar, escusando-se a revelar nomes.
O técnico adiantou ainda que a equipa está agora “muito melhor”, porque “os jogadores já se conhecem muito bem.” “Mas preciso de um plantel muito mais equilibrado. Andamos a fazer adaptações desde o início da época”, observou.
Pacheco também se referiu ao facto de a sua permanência como técnico correr perigo se o clube perder o controlo da SAD em favor de um investidor.
“Quem manda, pode. Estou tranquilo. Serei sempre fiel à instituição que represento”, garantiu, lembrando que em 2003/04 também deixou o Maiorca (Espanha), porque o clube mudou de direcção.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)