Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Paciência põe Vitória de Setúbal na final da Taça da Liga

Trigueira foi o melhor em campo ao segurar a vantagem.
Mário Figueiredo 24 de Janeiro de 2018 às 09:07
V. Setúbal
V. Setúbal - Oliveirense
V. Setúbal - Oliveirense
V. Setúbal
V. Setúbal - Oliveirense
V. Setúbal - Oliveirense
V. Setúbal
V. Setúbal - Oliveirense
V. Setúbal - Oliveirense
O V. Setúbal garantiu esta terça-feira a presença na final da Taça da Liga com um triunfo, por 2-0, sobre a Oliveirense, equipa da II Liga que até esteve melhor e dispôs das melhores ocasiões, com um penálti falhado e três bolas nos ferros.

Riascos, Sérgio Ribeiro e João Amorim foram uma dor de cabeça para os sadinos e só mesmo os ferros ou Trigueira, com uma grande exibição, conseguiram travar os seus remates.

Na mesma jogada, Sérgio Ribeiro e João Amorim remataram ao poste, com a bola a morrer nas mãos de Trigueira. O guarda-redes sadino até se benzeu. Mais, Riascos enquanto teve pulmão foi um problema. Rápido e perigoso.

Valeu aos sadinos a experiência e Gonçalo Paciência, que fez o 1-0. Cabeceou primeiro ao poste e voltou a cabecear, na recarga para a baliza. A Oliveirense dispôs de uma grande penalidade, mas o veterano Diogo Valente rematou à trave.

A equipa da II Liga continuava por cima e mais perigosa, mas foram os sadinos que fizeram o 2-0, nos descontos numa jogada de Paciência que assistiu Allef.

Os sadinos, que venceram a Taça em 2008, estão na final e defrontam no sábado o vencedor do Sporting-FC Porto.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)