Paços de Ferreira diz que o Aves usou "argumentos falsos" para cortar relações

Jogo da Taça da Liga entre as duas equipas foi disputado no sábado à porta fechada.
16.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O Paços de Ferreira defendeu este domingo que o Desportivo das Aves recorreu a "argumentos falsos" para fundamentar o corte de relações institucionais anunciado após o jogo da Taça da Liga de futebol, disputado no sábado à porta fechada.

Em comunicado, a direção do clube pacense lamenta ser forçada a fazer a defesa da honra, dignidade e bom nome da instituição, afirmando que "a Direção do CD Aves necessitava de um qualquer pretexto para consumar a ameaça efetuada antes da realização do jogo a contar para a Taça da Liga, de modo a justificar o pretendido corte de relações institucionais".

"Como certamente se terão surpreendido pela forma correta e digna como foram recebidos, tornou-se necessário o recurso a argumentos falsos, sem fundamento, e pasme-se, colocando em causa quer o FC Paços de Ferreira, a Liga Portugal e as próprias forças policiais que negam veementemente a correspondência com a realidade dos factos que pretendiam criar fantasiosamente", pode ler-se no comunicado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!