Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

“Partida difícil”

Pedro Mendes respeita a Espanha, mas lembra que Portugal tem argumentos para bater os actuais campeões da Europa.
27 de Junho de 2010 às 00:30
Pedro Mendes, Meireles e Paulo Ferreira: só o médio portista tem lugar garantido no onze diante da Espanha
Pedro Mendes, Meireles e Paulo Ferreira: só o médio portista tem lugar garantido no onze diante da Espanha FOTO: José Manuel Ribeiro/Reuters

'A Espanha era um dos adversários possíveis e vamos encarar este jogo como fizemos com todos os outros. Vai ser uma partida extremamente difícil, porque o adversário tem muita qualidade, mas nós também temos. Há que perseguir o sonho até ao fim', afirmou o médio, recusando-se a atribuir qualquer favoritismo ao adversário: 'Todos dizem que a Espanha está entre os favoritos, juntamente com Brasil e Argentina. Portugal é apontado como outsider, mas no campo é que se vê. Estamos num momento muito bom', garante, acrescentando: 'O primeiro objectivo está atingido. Agora, queremos chegar o mais longe possível.'

Também o guarda-redes Beto se mostrou confiante na passagem aos quartos-de-final 'Eu acredito', sintetizou, no final do treino na Bekker School.

O jogador do FC Porto assegurou ainda que o colectivo tem consciência da força da selecção espanhola, mas acredita ser possível 'anular os seus pontos fortes e explorar os pontos fracos. 'Estamos fortes e a partir deste momento tudo é possível.'

CARLOS QUEIROZ ATACA BRASIL E PABLO POZO

Carlos Queiroz continua inconformado com os cartões amarelos mostrados a jogadores portugueses frente ao Brasil. 'Temo um pouco as arbitragens. Não é normal termos sete jogadores com cartões', desabafou o seleccionador. 'O Brasil já é um grande país. Imaginem se lhe acrescentarmos o México', brincou, em alusão à nacionalidade do árbitro Pablo Pozo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)