Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

PAULETA: DESTA VEZ NÃO ESPERAVA VENCER

Quando se fala no regresso de Pauleta ao futebol português,o avançado açoriano foi eleito novamente o melhor jogador da Liga francesa. Orgulhoso, mas sentido com a ausência da Imprensa lusa na cerimónia do Olympia, Pauleta confessa que foi surpreendido.
13 de Maio de 2003 às 00:00
Correio da Manhã: O que sentiu quando subiu ao palco para receber o prémio?
– Pauleta: Foi uma alegria bastante grande, porque não estava à espera de vencer, ao contrário do ano passado em que tinha praticamente a certeza que ganhava.
– O facto de ter sido escolhido pelos seus colegas de profissão tem significado especial?
– Sim, todos os jogadores da Liga francesa votaram e isso torna este prémio mais gratificante. Além do mais é a primeira vez que um jogador consegue vencer dois anos seguidos.
– Onde guardou os troféus?
– Tenho-os aqui comigo em França mas depois vou levá-lo para a minha casa em Portugal.
– Este prémio valoriza-o no mercado?
– Não tenho de mostrar nada a ninguém. Toda a gente sabe o meu valor.
– Vai continuar no Bordéus ou pensa em rumar a outros campeonatos mais mediáticos?
– Tenho mais um ano de contrato e, para já, quero cumprir esta época até ao fim e ajudar o Bordéus a atingir os seus objectivos. Depois logo se verá. É óbvio que tudo pode acontecer...
– Fala-se na possibilidade de o Hélder Postiga sair e de o Pauleta ingressar no FC Porto...
– Não tenho nada a comentar sobre isso.
– Parece que ficou aborrecido com o facto de a Imprensa portuguesa não ter ido à cerimónia de entrega do prémio.
– Fiquei um pouco aborrecido mas já estou habituado a que isso aconteça. Felizmente tenho conseguido os meus objectivos e isso é que importa, não dou muita importância ao resto.
– Se estivesse no campeonato espanhol ou italiano talvez as coisas fossem diferentes...
– Se calhar, se eu fosse o Pelé ou o Eusébio, também era diferente. As coisas são como são. Além do mais o campeonato francês é muito competitivo e por isso não vejo que tenha sido essa a razão.
– Acha que não é valorizado como deveria ser?
– Isso deixo para vocês jornalistas analisarem e compararem se tenho merecido a mesma valorização que outros jogadores em situações semelhantes. Mas o mais importante foi ter sido reconhecido como fui num país como a França.
– O seu lugar na selecção está firme e inclusive o seu carácter foi muito elogiado por Scolari...
– Receber um elogio tão grande de Scolari foi como receber um prémio. Dá-me ainda mais motivação para representar a selecção e recompensar esses elogios.
EMPRESÁRIO ADMITE REGRESSO
Jorge Gama, empresário de Pauleta, garante que o avançado do Bordéus quer regressar a Portugal e alerta os clubes portugueses para não perderem tempo. “Sei que a grande vontade do Pauleta é regressar a Portugal e apesar de a situação do mercado ser difícil pode aparecer uma loucura que possibilite o regresso. Se no domingo, frente ao Nice, o Bordéus não se qualificar para a Liga dos Campeões,
é altura de os clubes portugueses, se o quiserem, fazerem pressão”, disse à Renascença. Tem sido aventada a hipótese de Postiga sair e Pauleta ingressar no FC Porto.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)