Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Paulinho não cede

O ciclista português Sérgio Paulinho (Discovery), medalha de prata em Atenas’2004, terminou a etapa de ontem da Clássica Paris-Nice integrado no pelotão principal e, embora tenha perdido mais 1m 07s, está apenas a 1m 24s do camisola amarela. David Millar perdeu a liderança da prova para o italiano Franco Pellizotti (LIQ), vencedor destacado na chegada a Limoges, após 177 Km, percorridos à média de 44,696 Km/h.
14 de Março de 2007 às 00:00
O italiano Franco Pellizotti foi primeiro na chegada a Limoges e arrebatou a camisola amarela
O italiano Franco Pellizotti foi primeiro na chegada a Limoges e arrebatou a camisola amarela FOTO: Eric Gaillard / Reuters
A tirada foi marcada por uma fuga de 120 quilómetros, lançada por Stéphane Augé na companhia de Thomas Voeckler, Murilo Fisccher e Philippe Gilbert, os quais foram alcançados a 500 metros da chegada, depois de terem registado a vantagem máxima de 6m 40s ao Km 76.
Mas as hostilidades foram abertas antes desta fuga por um ataque desencadeado logo no início da etapa por um grupo de 17 ciclistas, entre os quais figurava o português Sérgio Paulinho, e que incluía outras figuras como Fofonov, Duclos-Lassalle, José Luis Arrieta e Nicolas Jalabert.
O grupo não se entendeu e a sua vantagem não chegou a atingir os 30 segundos, mantendo-se na cabeça da corrida apenas durante 33 quilómetros, entre o Km 8 e o Km 41.
Foi precisamente na altura em que o pelotão anulou a operação dos 17 homens que o referido quarteto saltou para a fuga.
Com Franco Pellizotti na posse da camisola amarela, o pelotão parte hoje para a 3.ª etapa, a mais longa da prova, com 215,5 Km, entre Limoges e Maurs la Jolie, um percurso mais duro do que as jornadas anteriores que inclui três contagens de montanha de 3.ª categoria e uma de 2.º categoria.
VOLTA A SANTARÉM
Começa amanhã em Fátima a 2.ª Volta ao Distrito de Santarém/RTP, com um total de 577,3 quilómetros repartidos por quatro etapas. Hoje corre--se a etapa mais longa, com 206,5 quilómetros, entre Fátima e Torres Novas, seguindo-se amanhã a ligação entre Abrantes e o Cartaxo, com 187 km, para, no sábado, se disputar em Alpiarça um contra-relógio individual (17,8 Km) e no domingo terminar com a tirada Golegã-Santarém (166 Km). Participam 19 equipas, todas as nove formações nacionais (entre elas o Benfica) e dez estrangeiras, Rabobank. Gerolsteiner, Cofidis, Euskaltel, Barloworld, Agritubel, Bouygues Telecom, Karpin Galicia, Aelk Haus-Simplon e Team Slipstream.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)