Paulo Futre diz ser "impossível" continuar a defender Bruno de Carvalho

Membro da Comissão de Honra do presidente do Sporting saiu ainda em defesa de Rui Patrício e dos restantes jogadores.
17.05.18

Paulo Futre, antigo jogador do Sporting, disse que é impossível defender o presidente do SCP, Bruno de Carvalho, depois dos acontecimentos desta terça-feira na Academia do Sporting em Alcochete, que terminaram com a agressão a vários jogadores e membros da equipa técnica. "É impossível defendê-lo", sentenciou Futre em declarações à CMTV.

Paulo Futre diz ser "impossível" continuar a defender Bruno de Carvalho



Futre, que fez parte da Comissão de Honra de Bruno de Carvalho nas últimas eleições do Sporting, em 2017, afirmou ainda que pensava que o presidente do Sporting iria mudar a sua atitude depois de ter sido pai novamente. 

"Pensava que quando ele foi pai vinha mais tranquilo, depois do que lhe tinha acontecido com os jogadores — que os jogadores enfrentaram-no –, depois de ser assobiado no Paços de Ferreira, pensei: ‘vai vir calminho, não vai fazer mais loucuras'", reconhecendo ter-se enganado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!