Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Pedro Martins: "Melhor jogador do Campeonato é Rodrigo"

Pedro Martins está a conduzir o Marítimo a uma das melhores épocas da história do clube. Já eliminou o Benfica da Taça de Portugal e ganhou duas vezes ao Sporting, a última das quais ditou a queda de Domingos. Diz que as águias têm a melhor equipa da Liga.
18 de Fevereiro de 2012 às 00:00
Pedro Martins, Marítimo, Baba, Rodrigo, Paulo Bento, Cristiano Ronaldo
Pedro Martins, Marítimo, Baba, Rodrigo, Paulo Bento, Cristiano Ronaldo FOTO: d.r.

Correio Sport – Qual o segredo do Marítimo para estar em quarto lugar na Liga?

Pedro Martins – O grande segredo é o imenso trabalho e dedicação por parte de todos. No entanto, também tenho de realçar o excelente espírito de grupo, algo de fundamental.

– No início da época, o Marítimo perdeu Djalma e Kléber, mas no dia da apresentação oficial disse que este seria o ano do Marítimo...

– Estava convicto da qualidade do grupo e confiava plenamente nos jogadores. Acreditava que poderíamos conseguir o objectivo proposto e a mensagem passou para o grupo.

– Nem a recente saída de Baba o fez tremer?

– Não. Este grupo de jogadores trabalha de forma excepcional. É assim que dão a resposta em campo e sempre acreditei nas qualidades destes jogadores. No entanto, é óbvio que considero o Baba um excelente jogador, mas temos também outros de enorme qualidade.


– Por que não forçou a entrada de novos jogadores?

– É muito simples. Estivemos a trabalhar 6 meses com os mesmos jogadores, que nos dão totais garantias, mesmo os que não jogavam. O clube também vive um momento financeiro complicado e não interessava gastar sem sentido, porque o presidente tem feito de tudo e mais alguma coisa para cumprir com as obrigações.

– O Marítimo afastou o Benfica da Taça de Portugal e é a única equipa que já venceu os encarnados esta época. Considera o facto como um sinal de qualidade da equipa?

– Não foi apenas por esse jogo, porque sempre pode haver dias em que uma equipa não está bem ou que está no seu melhor. Agora, é verdade que ganhámos a uma grande equipa, que tem vindo a mostrar uma regularidade impressionante, mas também já fizemos outros grandes jogos.

– O Marítimo ainda olha para outros patamares?

– O nosso objectivo está traçado desde o início e passa por assegurarmos um lugar nas competições europeias. O nosso objectivo e compromisso, não me canso de dizer, é atingir o quanto antes os 45 pontos e depois logo se verá. Se me perguntarem se gostaria de ficar em 4º, todos nós gostaríamos de ficar, não vamos escondê-lo, mas também sabemos que há equipas muito mais apetrechadas das mais diversas formas e não é fácil atingir esse posto. Mas não é isso que nos é exigido, se conseguirmos seria óptimo pois entraríamos na história do clube.

– Venceu o Sporting por duas ocasiões, a última das quais ditou o despedimento de Domingos Paciência...

– Não gosto muito de falar sobre esses temas. Nós apenas fizemos o nosso trabalho, como em todos os outros jogos. Não gosto de ver um colega de trabalho nessa situação, não é isso que nos faz mover. O que nos move é jogar para ganhar e proporcionar bons espectáculos. Apenas lamento imenso, mas é isto o futebol.


– Na sua opinião, qual é a melhor equipa portuguesa?

– Costumo dizer que as equipas são feitas por fases ou etapas. Porém, neste momento, o Benfica é a melhor equipa.

– E o melhor jogador da Liga portuguesa?

– Rodrigo, mas também tenho de destacar o Sami e o Danilo Dias.

– O presidente Carlos Pereira já revelou existir um princípio de acordo para ficar na Madeira. Confirma?

– Sim. Existe vontade das duas partes em continuar este projecto e estamos sempre a falar sobre aquilo que queremos para o futuro. Eu estou muito feliz neste clube e vejo o meu trabalho reconhecido. É bom trabalharmos onde nos tratam tão bem e é isso que acontece aqui no Marítimo.

– Recentemente falou-se do interesse do FC Porto nos seus serviços. Tem alguma ponta de verdade?

– Apenas posso adiantar que se trata de pura especulação. Ninguém falou nesse sentido.

– Mas, certamente, que tem ambições para a sua carreira?

– Claro que sim. Neste momento, contudo, não quero falar sobre aquilo que penso ou quero para o futuro. Vivo do presente.

– Ir para o estrangeiro é uma possibilidade?

– É evidente que sim. Hoje em dia existem cada vez mais mercados de trabalho abertos e com projectos excepcionais e grande valia. Todavia, neste momento, apenas penso no meu compromisso com o Marítimo, um clube por qual nutro grande carinho e que me tem tratado bem.


– Já trabalhou com José Couceiro. Foi importante em início de carreira?

– Foi fundamental. Foi através dele que tive a possibilidade de trabalhar no FC Porto e foi uma pessoa excepcional. Aprendi muito com ele e apenas tenho de agradecer a oportunidade que me proporcionou. Os primeiros passos são fundamentais em qualquer carreira.

– Considera José Mourinho um modelo a seguir?

– Claro que sim. Mourinho é o melhor treinador do Mundo. Mourinho ou Guardiola? Claro que o melhor é José Mourinho.

– Cristiano Ronaldo ou Messi?

– Para mim, o melhor jogador do Mundo é Cristiano Ronaldo.

– Real Madrid ou Barcelona?

– Real Madrid.

– Qual o melhor campeonato europeu?

– O futebol inglês é especial pela enorme paixão dos adeptos e pelo clima com que se vivem os jogos. Mas o campeonato espanhol também é outro que me seduz.

– Portugal pode vencer o Europeu este ano?

– Penso e acredito que se o Cristiano Ronaldo estiver bem, podemos fazer uma excelente campanha. Acho que podemos chegar até às meias-finais.


– Paulo Bento é o homem certo para liderar a selecção nacional?

– Acredito que sim. Tem um passado como jogador e está identificado com o futebol português. A experiência que teve ao serviço do Sporting também foi importante no seu processo de crescimento como treinador. Acredito muito no seu trabalho.

– O que acha da promoção de Sá Pinto, com quem jogou no Sporting, a treinador principal do clube de Alvalade?

– É meu colega e prefiro não fazer qualquer comentário.

PERFIL

PEDRO Rui Mota Vieira MARTINS nasceu na Feira no dia 17 de Julho de 1970 (41 anos). Como jogador representou o Feirense, V. Guimarães, Sporting, Boavista, Santa Clara e Alverca. Foi adjunto de José Couceiro (V. Setúbal, FC Porto e Belenenses). Já a solo treinou a U. Lamas, Lourosa e Espinho. Em 2009/10 pegou no Marítimo B. Desde 10/11 que é treinador principal dos insulares.

Pedro Martins Marítimo Baba Rodrigo Paulo Bento Cristiano Ronaldo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)