Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

PENALIZAR O FC PORTO

A SAD da União de Leiria garante que tem provas capazes de provocar ao FC Porto a perda de pontos na SuperLiga. João Bartolomeu, presidente daquela SAD anuncia, em declarações ao CM, a existência de “provas testemunhais e outras” do eventual assédio dos dirigentes da SAD do FC Porto ao jogador Maciel. E afirma:” neste momento estamos a estudar a hipótese de participar do FC Porto à Comissão Disciplinar da Liga”.
28 de Agosto de 2003 às 00:00
Maciel está a causar muitas dores de cabeça à U. Leiria e agora... ao FC Porto
Maciel está a causar muitas dores de cabeça à U. Leiria e agora... ao FC Porto FOTO: Natália Ferraz
Para o dirigente, “os responsáveis portistas foram longe de mais: “O FC Porto e os seus dirigentes andaram a brincar com um assunto muito sério e agora temos todo o direito de responder a esse comportamento que os pode penalizar em seis pontos”.
“NÃO TENHO MEDO”
E afirma que não teme as consequências de uma atitude ‘radical’. “A mim nunca me faltou coragem e por isso, não tenho medo de participar do FC Porto. Nem sei porque é que haveria de ter medo”, diz o dirigente que nega qualquer estratégia nesta posição da SAD do União de Leiria: “ Não estamos a fazer isto para fazer subir o preço do jogador nem por qualquer outro motivo que não seja a indignação”.
Por outro lado não comenta as declarações do jogador Maciel, feitas terça-feira em conferência de Imprensa. O brasileiro garantiu que João Bartolomeu se comprometeu a libertá-lo mediante o pagamento de um milhão e meio de euros. Contudo, apesar de não comentar esta afirmação de Maciel, Bartolomeu garante que o atleta só sairá da União de Leiria “se um clube depositar na conta da SAD onze milhões e meio de euros”, valor estabelecido na cláusula contratual.
“Se assim não for, o jogador não irá nem para o FC porto nem para qualquer outro clube”, reforçou.
Vasco Pinto Leite, também da SAD da União de Leiria, confirma ser este o valor estabelecido por contrato com o atleta. Já relativamente às declarações de Maciel, adianta que não conhece nenhum documento que obrigue a SAD a abdicar do atleta por um milhão e meio de euros. E sobre a polémica, acrescenta: “Estamos perante um assunto muito delicado e o processo está nas mãos do presidente da SAD”.
O CM tentou também contactar a SAD do FC Porto mas não foi possível obter qualquer comentário dos dirigentes portistas.
Jorge Baidek, o representante do jogador, esteve durante todo o dia de ontem indisponível.
U. LEIRIA ATACA HOJE TAÇA UEFA
A União de Leiria, que vive momentos conturbados com o “caso Maciel”, o que tem desviado as atenções dos dirigentes e jogadores, conta apenas com 16 futebolistas disponíveis para o jogo de hoje com o Coleraine (21h00), da Irlanda do Norte, da segunda "mão" da pré-eliminatória da Taça UEFA, no estádio Municipal da Marinha Grande.
O treinador Vítor Pontes não pode contar com Nélson, lesionado, enquanto Peixe e Eduardo Oliveira ainda não podem jogar nas competições da UEFA.
Peter ficou de fora por ter estatuto de extracomunitário, ao passo que Douala, um dos poucos avançados do actual plantel, acabou por ser convocado, apesar de ontem ter treinado de forma condicionada.
A convocatória da União de Leiria para o encontro com o Coleraine (onde procura recuperar da derrota no primeiro jogo, por 2-1), com início às 21h00, é a seguinte: Helton e Quievreaux (guarda-redes); Bilro, Laranjeiro, Paulo Duarte, João Paulo, Gabriel e Edson (defesas); Alhandra, Caíco, Paulo Gomes, João Manuel e Sérgio Gameiro (médios); Ludemar, Freddy e Douala (avançados).
Perante os momentos difíceis por que passa a U. Leiria, só um triunfo poderá levantar a moral ao plantel.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)