Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Pepe diz Carlos Queiroz devia parar com "guerra"

Pepe pediu esta quinta-feira a Carlos Queiroz, antigo seleccionador português de futebol, para parar com as críticas em torno da sua passagem pela Selecção, porque destabiliza a equipa.
24 de Março de 2011 às 13:28
Pepe afirma que críticas de Carlos Queiroz dão intranquilidade à Selecção
Pepe afirma que críticas de Carlos Queiroz dão intranquilidade à Selecção FOTO: Simão Filho / Record

"Carlos Queiroz já devia parar um pouco com esse assunto, porque nos dá intranquilidade. Um português não deve querer mal à sua Selecção. Não teve o êxito que desejava e isso depois paga-se factura", disse.
 
Em declarações aos jornalistas em Óbidos, onde a Selecção portuguesa prepara os particulares com o Chile e Finlândia, Pepe afirmou que os jogadores queriam "chegar mais longe no Mundial, mas não foi possível".  

"Ele foi substituído pelo Paulo Bento. É uma situação lhe diz respeito a ele e não devemos estar virados para esse assunto", salientou o central luso-brasileira, no dia seguinte à decisão do Tribunal Arbitral do Desporto ter dado razão a Queiroz  no caso da perturbação do controlo antidoping, na Covilhã.  

O jogador do Real Madrid lembrou as saídas da ‘equipa das quinas’ de jogadores como Simão, Tiago e Deco, que considera que "deviam ter terminado de forma diferente".

"Sentiram que no Mundial foi uma Selecção diferente. Acho que eles tomaram  essa decisão porque pensávamos que não íamos dar o passo em frente. Felizmente, o Paulo Bento é um treinador que entende os jogadores. Foi jogador há pouco tempo e sabe o que os jogadores pensam", admitiu.  

Pepe lembrou ainda que "o ambiente na Selecção não é o mesmo" e defendeu o secretário de Estado da Juventude e do Desporto.
 
"Tal como Laurentino Dias, que esteve connosco no Mundial e apoiou-nos da melhor maneira possível, e agora não devia criticá-lo", afirmou.  

pepe queiroz selecção
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)