Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Petardo fere dois adeptos portistas (COM VÍDEO)

Foi já à porta do Estádio da Luz, num dos túneis circundantes, que o rebentamento de um petardo, o terceiro em todo o caminho dentro da caixa de proteção, originou ferimentos em dois adeptos do FC Porto. Um deles foi transportado ao Hospital de Santa Maria com queimaduras de 3º grau no braço direito.
14 de Janeiro de 2013 às 01:00
O trajeto dos adeptos portistas da Pontinha até ao Estádio da Luz foi feito com rapidez, apesar do rebentamento de três petardos.
O trajeto dos adeptos portistas da Pontinha até ao Estádio da Luz foi feito com rapidez, apesar do rebentamento de três petardos. FOTO: Diogo Pinto

Eram 17h30 quando começaram a chegar os primeiros 5 dos 23 autocarros que vieram do Porto até Lisboa. Num parque de estacionamento da Pontinha, o aparato montado pela PSP fazia lembrar um qualquer cenário de guerrilha urbana. "Tudo isto é desnecessário, afinal, o futebol é apenas um jogo e devia ser uma festa", comentava um casal de namorados, adeptos do FC Porto, que pediram o anonimato.

Às 18h10, a polícia começou a formar a caixa de segurança. "Atenção que vão estar 10 elementos da claque a ajudar. Quando começarem a malhar não lhes deem a eles", alertava um dos oficiais.

Eram 18h28 e Pedro Happy, dirigente dos Super Dragões, deixava escapar ao CM: "Quando o futebol passou a ser um negócio deixou de ser uma festa."

Um pouco mais adiante, quase a chegar ao recinto das águias, confidenciou: "O meu pai é benfiquista."

BENFICA FC PORTO JOGO FUTEBOL LIGA CLÁSSICO ADEPTO FERIDO
Ver comentários