Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Petit reconhece que forçou amarelos para poupar jogadores diante do Benfica

Treinador do Marítimo recorda que havia feito o mesmo no Dragão, com o FC Porto.
14 de Abril de 2019 às 18:32
Petit admite que forçou amarelos para poupar jogadores diante do Benfica
Estádio da Luz
Estádio da Luz
Petit admite que forçou amarelos para poupar jogadores diante do Benfica
Estádio da Luz
Estádio da Luz
Petit admite que forçou amarelos para poupar jogadores diante do Benfica
Estádio da Luz
Estádio da Luz
Petit, treinador do Marítimo, considera que a sua equipa soube gerir a vantagem alcançada na primeira parte para, assim, vencer em casa o Feirense (2-0).

"Foi um jogo difícil. Sabíamos que ia ser, porque o Feirense está numa fase complicada e tinha aqui um jogo decisivo para eles. Depois, a nossa entrada não foi a que queríamos. O Feirense teve uma grande penalidade, o que deu alguma intranquilidade à equipa. Tentámos mudar, com o Getterson na direita e o Correa a jogar atrás do Joel, e a equipa conseguiu ter mais bola e criar oportunidades. Acabámos por fazer dois golos na primeira parte. Na segunda, tivemos o controlo do jogo, sabendo que o Feirense tinha de arriscar. Depois das expulsões dos jogadores do Feirense, soubemos gerir bem o jogo e o resultado. Foi mais importante os três pontos do que a exibição. Nesta fase, o mais importante é conseguir sair da barreira dos 30 pontos, e estamos mais perto do nosso objetivo. Ando há três ou quatro épocas nesta fase e sei que não é fácil jogar contra equipas que estão à procura de pontos", analisou o técnico dos insulares.

Segue-se a deslocação ao Estádio da Luz para enfrentar o Benfica, a 22 de abril, e Petit admite que dois dos principais futebolistas do Marítimo completaram propositadamente uma série de amarelos para falharem o próximo encontro e ficarem disponíveis para os derradeiros quatro jogos.

"Cada semana tem a sua estratégia para cada jogo. Vamos apanhar uma equipa difícil, o Benfica, e já no jogo com o FC Porto, no Dragão, poupámos alguns jogadores que estavam com quatro amarelos e em risco de não defrontarem o Nacional. Por isso, optámos por esses jogadores (Edgar Costa e Joel) levarem o quinto amarelo e estarem disponíveis para os quatro jogos finais", explicou.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)