Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Poker de Ronaldo em noite perfeita

A visita do Real Madrid ao tradicionalmente complicado Sánchez Pizjuán acabou por se tornar um passeio, fruto da excelente prestação dos jogadores de José Mourinho, é certo, mas também da desastrada exibição da equipa da casa.
8 de Maio de 2011 às 00:30
Cristiano Ronaldo festeja mais um golo com Pepe e Marcelo
Cristiano Ronaldo festeja mais um golo com Pepe e Marcelo FOTO: Javier Diaz/Reuters

Os merengues assumiram o controlo da partida desde o apito inicial e, aos 11’, Benzema falhou de forma escandalosa um golo que parecia feito. Dez minutos depois, Sérgio Ramos foi mais eficaz e, após canto de Özil na direita, inaugurou o marcador.

No minuto seguinte, o Real esteve perto de ampliar a vantagem: novo canto e Cristiano Ronaldo, de cabeça, atirou ao poste. Falhou à primeira, marcou à segunda. No coração da área, o português recebeu uma boa assistência de Pepe e fuzilou Javi Varas. Com o Sevilha desorientado e a conceder muitos espaços na zona central, o 0-3 surgiu com naturalidade, num remate em arco de Kaká, à entrada da área.

Na segunda parte, Negredo ainda reduziu a desvantagem (61’), mas a reacção do Sevilha não passou do esboço. O avançado espanhol borrou a pintura e, quatro minutos depois, assistiu Ronaldo, que isolado frente a Varas bisou. Daí para frente só deu mesmo CR7. O madeirense chegou ao poker e isolou-se no topo da lista de melhores marcadores, com 34 golos, mais três do que o argentino Lionel Messi (Barcelona). 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)