Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Polícia preocupada com falta de efectivos

O Sindicato Alemão dos Polícias está preocupado com a segurança nas cidades germânicas durante o campeonato do mundo de futebol, que se inicia dia 9 de Junho e termina um mês depois.
16 de Abril de 2006 às 00:00
Polícia está preocupada  com segurança de quem vai assistir a jogos fora dos estádios
Polícia está preocupada com segurança de quem vai assistir a jogos fora dos estádios FOTO: Fabrizio Bensch/Reuters
Segundo aquela entidade há poucos efectivos para assegurar total protecção às pessoas que não vão assistir aos jogos nos estádios, preferindo visionar os encontros nos vários ecrãs gigantes espalhados pelas cidades do Mundial. O Sindicato queixa-se que a maioria das forças policiais estão destacadas para os estádios, pelo que o resto da cidade ficará mais vulnerável.
“Os estádios não são problema, mas sim as festas pelas cidades. E é precisamente no centro destas localidades que o número de efectivos policiais será limitado, por estarem deslocados para as imediações dos estádios onde se vão disputar os jogos. Reclamamos por isso controlos de segurança semelhantes aos realizados à entrada dos estádios”, declarou Konrad Freiberg, presidente do Sindicato, reclamando também “a presença de um serviço de segurança municipal, a vídeovigilância dos espectadores e a interdição de objectos de vidro que possam servir de projécteis”.
Entretanto, também no que diz respeito a segurança, as autoridades iranianas e alemãs vão cooperar para fazer face a qualquer ameaça à a selecção do Irão – adversária de Portugal no Grupo D – durante o Mundial, segundo revelou ontem o vice-ministro germânico do Interior, August Hanning.
Estas declarações surgiram depois das ameaças de vários grupos de oposição ao governo iraniano, que revelaram a possibilidade de organizar protestos violentos durante o torneio. “Quando os iranianos recearem qualquer ameaça, irão explicar-nos as razões e a nossa avaliação será depois enviada para Teerão”, explicou Hannin.
Registe-se que o governo alemão tem enfrentado pressões para proibir a presença do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, durante o Mundial devido a alegadas ameaças contra Israel.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)