Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Polícia receia violência

São mais de 3500 os agentes da PSP destacados para a cidade e estádio. Claques radicais preocupam.
24 de Maio de 2014 às 07:00
Ronaldo está recuperado e vai jogar hoje
Ronaldo está recuperado e vai jogar hoje FOTO: Mário Cruz/Lusa

"É provável haver incidentes." Fonte oficial da PSP de Lisboa mostrou-se ontem ao CM cautelosa com a forma como se vão comportar hoje os cerca de 120 mil adeptos do Real Madrid e do Atlético esperados na cidade. A grande preocupação é a rivalidade entre as claques - que, curiosamente, até são ambas dominadas por fações de extrema-direita - e as mais de 60 mil pessoas que viajarão de Espanha sem bilhete para o jogo da Luz.

As preocupações com a segurança estenderam-se ontem à UEFA, que tentou encontrar com a Câmara de Lisboa um no- vo local para a zona onde os mais de 15 mil adeptos do Atlético sem bilhete (números do clube) se vão concentrar. A zona, no cimo do parque Eduardo VII, era considerada muito próxima da dos adeptos do Real (na praça da Figueira, Rossio). Os 2,5 quilómetros não garantiam que os adeptos radicais não se encontrassem. Acabou por ficar como inicialmente previsto.

Fonte oficial da PSP de Lisboa disse ao CM que há vários cenários previstos e que "está tudo preparado para fazer face a incidentes". Foram suspensas as folgas e férias dos agentes da Grande Lisboa, que serão reforçados por elementos da Escola da PSP, Santarém, Setúbal e Beja. Também estão convocados todos os 350 elementos do Corpo de Intervenção em Lisboa, a que se juntam mais 150 dos destacamentos do Porto e de Faro. Serão 3500 agentes para o Estádio da Luz, fan zones do parque Eduardo VII e Rossio, aeroporto e transportes públicos.

As composições do metro vão transportar adeptos de um dos clubes de cada vez. Os do Atlético serão deixados no Alto dos Moinhos; os do Real no Colégio Militar. "É o evento do ano a nível de segurança interna. Todas as valências estão ativadas", assegurou a fonte da PSP.

600 GNR vigiam durante o caminho

Os adeptos espanhóis vão também ser vigiados durante o caminho para Lisboa. A GNR tem preparado um dispositivo para o percurso por estrada entre a fronteira do Caia e Lisboa - são esperados mais de 200 autocarros e centenas de carros particulares. Os comboios especiais vindos de Madrid serão policiados pela GNR a partir de Vilar Formoso. Estão mobilizados 600 militares.

Carlo Ancelotti garante CR7 no onze da final

"O Cristiano Ronaldo não tem nenhum problema para jogar amanhã [hoje], tem treinado bem e está pronto. O Pepe e o Benzema, vamos ter de ver no treino e depois decidir", disse ontem o técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti. Os três jogadores treinaram sem aparentes limitações, no treino aberto de adaptação ao relvado e  iluminação do Estádio da Luz, palco da final de hoje.

PSP polícia Liga dos Campeões violência Luz bilhete segurança
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)