Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

POR AMOR DE DEUS... NÓS SOMOS O BENFICA

Simão Sabrosa lançou ontem um aviso ao Vitória de Setúbal, que amanhã joga na Luz (19h15, TVI) no embate entre os dois líderes da Superliga. Depois da derrota em Estugarda, o capitão do Benfica nem quer ouvir falar na possibilidade de não ganhar aos sadinos.
6 de Novembro de 2004 às 00:00
“Por amor de Deus... somos o Benfica, jogamos em casa e o Setúbal é que tem de se preocupar connosco. Se não conseguirmos demonstrar o nosso futebol e vencer então será complicado”, afirmou, reconhecendo que “o Setúbal está a fazer uma boa campanha e tem bons jogadores”.
Excelente notícia para Giovanni Trapattoni é a recuperação de Miguel, Petit e Zahovic que ontem treinaram sem condicionalismos e estão aptos a defrontar os sadinos. Mas haverá, contudo, uma baixa de peso: Ricardo Rocha, que se lesionou ante o Estugarda, não treinou ontem e vai falhar o embate de domingo, com Argel a assumir a titularidade.
“SÃO COISAS QUE ACONTECEM”
Simão regozijou-se com a recuperação dos três companheiros – “São jogadores importantes e mais-valias para o Benfica”, afirmou – e, numa análise à pesada derrota para a Taça UEFA (0-3), procurou desdramatizar o sucedido. “São coisas que acontecem. Uma noite menos boa qualquer equipa tem. Mas o resultado não é justo. Podíamos ter marcado primeiro e depois sofremos três golos de bola parada. Esta derrota não nos abalou. Temos um grande grupo de trabalho e estamos no bom caminho. Estamos em primeiro lugar no campeonato, continuamos na Taça de Portugal e na Taça UEFA passam três equipas, por isso, não é motivo para ficar muito preocupado”.
O capitão rejeitou as acusações de falta de estofo europeu. “O ano passado, perdemos por 4-3 com o Inter de Milão e não disseram isso e a equipa é quase a mesma”. E garantiu que o desgaste provocado pelo jogo de Estugarda não será utilizado como desculpa. “Ainda bem que jogamos já no domingo, prefiro assim, para poder corrigir os erros rapidamente e chegar ao jogo com maior disposição”.
Quanto ao clássico entre FC Porto e Sporting, Simão optou por não revelar qual o resultado que prefere: “O melhor resultado é ganharmos ao Setúbal”.
AT. MADRID APOSTA FORTE EM ROBINHO
O Atlético Madrid entrou na corrida por Robinho. Segundo noticiou a rádio Cadena SER, Toni Muñoz, director-desportivo Atlético, já tem um pré-acordo com o avançado do Santos para que este ingresse no clube ‘colchonero’ em Junho do próximo ano. O
emblema madrileno, que também está interessado no médio Elano, estaria disposto a pagar 12 milhões de euros por Robinho, faltando contudo chegar a acordo com o Santos. O Benfica parece assim ganhar mais um concorrente de peso na corrida pelo prodígio brasileiro, cujo contrato com o Santos expira em 2008.
Entretanto, o empresário do jogador, Wagner Ribeiro, confirmou ter recusado uma proposta do Corinthians, um dos grandes rivais do Santos. “O Robinho não sai do Santos para jogar em nenhum clube do Brasil. Ele quer jogar na Europa, mesmo que demore mais alguns anos”, afirmou, revelando que até agora só recebeu uma proposta oficial do PSV Eindhoven e confirmando uma conversa com José Veiga.
Ver comentários