Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Portugal vence EUA ao intervalo

O extremo Nani fez o golo que dá a vantagem à Seleção.
23 de Junho de 2014 às 00:03
Hélder Postiga foi substituído, ao minuto 16, devido a uma lesão muscular
Hélder Postiga foi substituído, ao minuto 16, devido a uma lesão muscular FOTO: Reuters

Portugal está a vencer os EUA por 1-0 ao intervalo, no Arena da Amazónia, em Manaus, em jogo a contar para o Grupo G do Mundial'2014. O extremo Nani apontou o golo que dá a vantagem à Seleção ao fim dos primeiros 45 minutos.

A formação de Paulo Bento entrou melhor no jogo, determinada a redimir-se da derrota (0-4) com a Alemanha, e não demorou muito a chegar à vantagem no marcador. Logo aos 5 minutos, Miguel Veloso cruza para a área, Cameron falha o corte no seio da área norte-americana e a bola sobra para Nani que, na cara de Howard, não desperdiça e faz o 1-0.

Após o golo, surgiu a reação dos EUA. Com uma pressão a todo o terreno, a equipa de Jürgen Klinsmann criou problemas a Portugal, que mostrou dificuldade em fazer circular a bola e em chegar à baliza adversária. Até perto da meia-hora de jogo, as melhores oportunidades pertenceram mesmo aos norte-americanos. Dempsey, aos 13' e aos 17', e Johnson, aos 32', puseram à prova a atenção de Beto, mas o guardião português afastou sempre o perigo.

Antes do apito para o intervalo, Nani e Éder - entrou aos 16' devido a uma lesão muscular de Hélder Postiga - voltaram a 'acordar' Portugal. O extremo rematou de meia-distância, obrigando Howard a defesa apertada. Com a bola ainda a bater no poste e a ressaltar para a área, Éder, na recarga, tentou o 2-0 mas o guarda-redes dos EUA voltou a estar à altura dos acontecimentos e impediu o golo.

Destaque para os exercícios de aquecimento que William Carvalho realizou durante a primeira parte, devido a possíveis dificuldades físicas de André Almeida.

futebol jogo Mundial Portugal Seleção EUA
Ver comentários