Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Presidente do Macedo de Cavaleiros acusado de agredir árbitros

Os dois árbitros assistentes do jogo de domingo entre o Macedo de Cavaleiros e o Vizela, da II Divisão portuguesa de futebol, apresentaram queixas-crime contra o presidente do clube transmontano por alegadas agressões e injúrias, confirmou nesta segunda-feira a GNR.
16 de Abril de 2012 às 16:21
Os factos terão ocorrido no acesso aos balneários, de acordo ainda com as denúncias feitas pelos árbitros contra o dirigente do clube
Os factos terão ocorrido no acesso aos balneários, de acordo ainda com as denúncias feitas pelos árbitros contra o dirigente do clube FOTO: d.r.

O responsável pelas relações públicas do Comando Distrital da GNR de Bragança, Rui Pousa, confirmou à Lusa que foram apresentadas duas queixas no posto de Macedo de Cavaleiros e elaborados dois autos de notícia depois do jogo, realizado naquela cidade do Nordeste Transmontano.

Segundo disse, "um dos árbitros alega ter sido agredido na barriga com um puxador de porto e o outro a soco e injuriado".

Os factos terão ocorrido no acesso aos balneários, de acordo ainda com as denúncias feitas pelos árbitros contra o dirigente do clube.

Contactado pela Lusa, o presidente do Clube Atlético de Macedo de Cavaleiros, Manuel Rodrigues, não quis "dizer absolutamente nada" sobre o assunto, afirmando apenas que "se houve alguma coisa, no futuro lá se irá saber".

A GNR irá agora comunicar as denúncias à Federação Portuguesa de Futebol, já que o caso pode dar origem a procedimento disciplinar, segundo ainda a fonte.

Os incidentes terão ocorrido no final do jogo da II Divisão Norte, em que o Clube Atlético de Macedo de Cavaleiros perdeu em casa, por 1-0, com o Futebol Clube de Vizela.

O Macedo de Cavaleiros ocupa o nono lugar da tabela e está a lutar pela manutenção.

macedo de cavaleiros vizela futebol agressões árbitro fpf gnr
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)