Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Processo a Vítor Paneira

O treinador do Boavista, Vítor Paneira, vai ser alvo de um processo de contra-ordenação por incitação à violência, na sequência dos desacatos que ocorreram anteontem no final do jogo entre o Lousada e o clube axadrezado, da II Divisão zona Norte, em que oito adeptos do Lousada ficaram feridos.
16 de Março de 2010 às 00:30
Paneira treina o Boavista
Paneira treina o Boavista FOTO: Amândia Queirós/Record

A GNR de Lousada, por seu lado, também vai enviar uma participação à Comissão Nacional de Desporto, em que relata que o líder da equipa técnica do Boavista é suspeito de ter protagonizado atitudes provocadoras que poderão ter gerado a violência dos adeptos.

Anteontem, a poucos segundos do apito final da partida, que o Lousada estava a vencer por 2-0, duas dezenas de adeptos do Boavista saíram do estádio e lançaram paralelos para o interior do campo, ferindo várias pessoas. A GNR, que estava em número reduzido durante o encontro, teve de pedir reforço ao Corpo de Intervenção, que lançou uma carga sobre os adeptos em fúria. Dois deles foram detidos e um foi constituído arguido.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)