Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

"Processo é completamente absurdo"

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, já prestou depoimento na Federação Portuguesa de Futebol (FPF), como testemunha de defesa do seleccionador nacional, Carlos Queiroz. Esta sexta-feira, à saída da sede da FPF, o líder encarnado foi bastante corrosivo sobre o caso.
13 de Agosto de 2010 às 16:14
Luís Filipe Vieira foi uma das testemunhas de defesa de Carlos Queiroz
Luís Filipe Vieira foi uma das testemunhas de defesa de Carlos Queiroz FOTO: d.r.

"É um processo completamente absurdo. É algo que ninguém pode compreender. Será que se Portugal fosse às meias-finais alguma vez se levantaria um processo ao professor Carlos Queiroz. É completamente ridículo ao ponto que isto chegou. Este episódio é um novo caso Nuno Assis", afirmou Vieira.

O presidente encarnado mostrou-se ainda tolerante quanto ao comportamento do seleccionador nacional. "O que o professor Carlos Queiroz fez, se se passasse com o Benfica, eu faria o mesmo em defesa dos jogadores", rematou.

A audição de Luís Filipe Vieira foi adiada para hoje, devido ao facto do líder do Benfica se encontrar em viagem no Brasil. Na terça-feira, já tinham sido ouvidos o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, e o treinador do Manchester United, Alex Ferguson, entre outras testemunhas arroladas por Carlos Queiroz.

Ver comentários