Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Protestante despe-se contra o casamento gay

Homem invadiu o court durante a final de Roland Garros em protesto contra o casamento e a adoção por parte de homossexuais em França
10 de Junho de 2013 às 09:05
O francês que se manifestou contra o casamento homossexual e adoção por parte de casais do mesmo sexo
O francês que se manifestou contra o casamento homossexual e adoção por parte de casais do mesmo sexo FOTO: Vincent Kessler/Reuters

Quem assistiu no domingo ao torneio de ténis de Roland Garros teve uma surpresa durante o segundo set, quando um homem seminu invadiu o court onde Rafael Nadal e David Ferrer disputavam a final do torneio de Paris.

Aparentemente, o gesto do homem que segurava uma tocha, de tronco nu e máscara na cara, foi um protesto contra o casamento homossexual em França.

Nas bancadas e no exterior do recinto estavam outros manifestantes, apesar de bastante menos exuberantes que o indivíduo que interrompeu a final de ténis. Este protesto foi o resultado de um grupo criado pelo partido UMP (União de Movimento Popular) e membros da Igreja Católica que pedem a demissão do presidente francês, François Holland.

Infelizmente para estes manifestantes, a sua luta já vem tarde de mais. As leis do casamento homossexual e a adoção por parte de casais do mesmo sexo foram aprovadas pelo Parlamento francês em fevereiro.

Após a invasão de campo, o espanhol Rafael Nadal acabou por derrotar o compatriota David Ferrer pelos parciais de 6-3, 6-2 e 6-3, atingindo um novo recorde. Nadal é o primeiro tenista da história a sagrar-se campeão de Roland Garros pela oitava vez.

Este não é o primeiro protesto contra o casamento homossexual e os franceses já demonstraram que, no que toca a este tipo de manifestações, conseguem ser bastante originais.

Mas, em relação ao protesto que ocorreu no domingo, talvez esta associação devesse pensar as suas futuras ações. É que enviar um homem de tronco nu, calças justas, cabelo pintado e envergando uma máscara digna do Carnaval de Veneza para manifestar-se contra o casamento do mesmo sexo, não será a forma mais máscula de o fazer.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)