Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

“Quando chegar o mês de Maio logo se verá...”

"Acredito que mais dia menos dia a situação se resolverá. Mas quando chegar a Maio logo se verá", disse ontem António Oliveira, presidente do E. Amadora, sobre a proposta da Liga em impedir a inscrição nas competições profissionais da próxima época aos clubes que tenham salários em atraso relativos a Maio.
11 de Março de 2009 às 00:30
António Oliveira acredita numa solução para a crise do clube
António Oliveira acredita numa solução para a crise do clube FOTO: Pedro Ferreira/Record

Contudo, o líder tricolor – que há dias pagou parte de um dos sete ordenados em atraso – garantiu que estará "ao lado da medida mais acertada para os clubes".

A medida da Liga colhe, aliás, a aceitação de grande parte dos clubes da Liga principal e da Honra. "Estamos perfeitamente de acordo com essas medidas", salientou Jorge Andrade, vice-presidente da Académica. Também o Trofense defende um "cada vez melhor e mais rigoroso campeonato profissional".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)