Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Quaresma justificou reacção aos assobios

Quaresma foi chamado à pedra e já se justificou perante a SAD do FC Porto e o treinador Jesualdo Ferreira sobre a reacção aos assobios dos adeptos no jogo da Taça de Portugal, frente ao D. Aves.
22 de Janeiro de 2008 às 00:00
“Quaresma já conversou com o treinador e a direcção e explicou que foi um acto a quente”, adiantou o ‘vice’ portista Fernando Póvoas, que à Renascença recriminou o comportamento do jogador e adeptos.
“Foram dois actos infelizes, tanto dos adeptos perante um jogador que tem dado muito ao clube, como aquele do Quaresma que já tem alguma experiência e poderia abster-se de fazer qualquer comentário e entender que o público também tem razão”, disse Póvoas, desvalorizando a vontade do jogador em deixar o FC Porto.
“O timming para o jogador deixar o clube será entendido entre ele e a direcção da SAD”, explicou o vice-presidente dos dragões, para quem o ‘Harry Potter” não tem denotado qualquer mal-estar. “O Quaresma sente-se bem no FC Porto”, garantiu Fernando Póvoas, tranquilizando os adeptos que temem o adeus do mustang.
Entretanto, o plantel portista começou ontem a preparar o jogo com o Sporting, no próximo domingo no Estádio de Alvalade. Para a deslocação à capital, Jesualdo dispõe de todo o plantel.
Ontem, na primeira sessão de trabalho após o triunfo sobre o D. Aves para a Taça de Portugal, o técnico portista apenas se debateu com as ausências de Rabiola (está ao serviço da selecção nacional sub-19) e Tarik (o extremo do FC Porto apontou um golo no triunfo por 5-1 de Marrocos sobre a Namíbia, na CAN).
Paralelamente à venda dos ingressos para o jogo em Alvalade, que podem ser comprados no Dragão como na Casa do FC Porto em Lisboa, os azuis-e-brancos começaram ontem a disponibilizar os bilhetes para o jogo com o Schalke 04, da primeira mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões e que terá lugar a 19 de Fevereiro, no Veltins-Arena, de Gelsenkirchen.
O preço dos ingressos oscila entre os 37 e 49 euros.
CLÁSSICOS DO PASSADO: VANTAGEM PORTISTA
O FC Porto tem dominado os clássicos em Alvalade. O técnico do Sporting, Paulo Bento, nem se tem dado mal nos jogos com os dragões e até pode estar a jogar a sua continuidade na equipa
BENTO: À TERCEIRA É DE VEZ?
Paulo Bento nem se tem dado mal com o FC Porto, mas não sabe o que é vencer o rival em Alvalade; como jogador, ele fez parte do onze que derrotou os dragões na finalíssima da Supertaça de 2001, em Coimbra (1-0, golo de Acosta) após 2 empates (1-1 nas Antas; 0-0 em Alvalade); como treinador, Bento venceu o FC Porto na época passada, no Dragão (1-0, Tello) e já nesta época tornou a derrotar o FC Porto para a Supertaça (1-0, Izmailov), em Leiria. Em Alvalade, o treinador do Sporting regista uma derrota (0-1) e um empate (1-1) em 2 jogos da Liga. Não há duas sem três?...
JORGINHO... E QUARESMA
As duas últimas visitas portistas a Alvalade desgostaram Paulo Bento. Há duas épocas (30.ª jorn.), o FC Porto enfrentou um Sporting moralizadíssimo – ia em 10 vitórias consecutivas! – no jogo que decidia o título. Mas Sá Pinto fez-se expulsar de forma infantil (63’) e os dragões, mais experientes, não perdoaram. Um golaço de Jorginho ao cair do pano selou o triunfo – e o título – para os azuis-e-brancos. Na época passada (7.ª jor.), o jovem Yannick adiantou os leões com um golaço de cabeça mas o ex-leão Quaresma silenciou o estádio (1-1) logo após o intervalo. Bom filho à casa torna?...
SÓ MOUTINHO E LIEDSON SOBREVIVEM
A última vitória do Sporting sobre o FC Porto em Alvalade para a Liga (2-0) remonta a 21 Março de 2005. Peseiro era o treinador dos leões e José Couceiro era o terceiro no banco portista depois de Del Neri e Victor Fernandez. O Sporting venceu com facilidade – golos de Liedson (63, g.p.) e Carlos Martins (90) – e o FC Porto ficou reduzido a nove a partir dos 61’ (expulsão de Seitaridis após um primeiro vermelho a McCarthy, 34). Por incrível que pareça, Liedson e Moutinho são os únicos sobreviventes dessa equipa.
EM LISBOA... SEMPRE A SOMAR
Impressionante nesta década o registo do FC Porto nos clássicos com os velhos rivais disputados em Lisboa. Os números são muito semelhantes: o FC Porto leva vantagem tanto na Luz (3 vitórias, 3 empates, 2 derrotas; golos: 6-5) como em Alvalade (3 vitórias, 2 empates e 2 derrotas; golos: 5-5). Em 2002-03, com José Mourinho ao leme, os dragões fizeram o “pleno” – ganharam os dois jogos por 1-0 – proeza rara que Jesualdo pode igualar no domingo. Já venceu na Luz por 1-0 (Quaresma), falta a outra metade.
OLHAR DO ADEPTO: CLÁSSICO É DECISIVO PARA A CONTINUIDADE DE PAULO BENTO?
SPORTING: "CONFIO NO NOSSO GRANDE TREINADOR" Eduardo Barroso
Das três derrotas que o meu Sporting sofreu no campeonato da Liga, apenas uma foi justa. Refiro-me aos 3-0 em Braga, embora os números fosses exagerados. No Dragão, quem nos venceu foi o árbitro e a ingenuidade de Stojkovic. No Bessa, merecíamos ter ganho por dois ou três de diferença e acabámos derrotados.
Em muitos empates foi a mesma coisa. Mas só dá para falar do último em Coimbra, onde jogámos muito melhor do que FC Porto e Benfica, mas não tivemos a benesse de ter o Pedro Roma no banco.
A chamada crise do Sporting é obviamente uma crise de resultados. O jogo com o FC Porto é obviamente mais decisivo para nós do que para o FC Porto. Estou convencido que já não conseguimos o primeiro lugar. Mesmo que, como espero, ganhemos o jogo.
Temos de jogar melhor e ganhar. Mas lembro-me do jogo da Roma em Alvalade.
Foi uma enormíssima exibição... e empatámos de uma forma inacreditável.
Por tudo quanto disse, fica claro que Paulo Bento não está em causa. Mesmo que se repita a malapata. Eu confio no nosso grande treinador.
FC PORTO: "NÃO ESTÁ DEPENDENTE DESTE JOGO" Júlio Magalhães
Há muito que tenho esta opinião: os clubes portugueses gastam rios de dinheiro em jogadores e nunca querem gastar muito com os treinadores. E mais tarde ou mais cedo isso tem custos. Sinceramente, e escrevi isso mesmo quando era cronista de um diário desportivo, julgo que o Paulo Bento ainda não estava preparado para assumir um clube como o Sporting.
Os jogadores que querem fazer uma carreira de treinador devem começar pelo princípio e não pelo fim. Tenho a mesmíssima opinião sobre o Domingos e o Jorge Costa que abraçaram cedo demais responsabilidades para as quais o facto de terem sido jogadores não chega.
José Mourinho andou uns anos a preparar-se como adjunto. Nem todos têm de ser como ele, mas como em todas as áreas, batalhar e aprender com os outros não faz mal a ninguém. O Sporting está nas mesmas circunstâncias do que o Benfica. Investiram em jogadores e agora despedir o treinador é dar mais um ‘rombo’ no já difícil orçamento. Por isso Paulo Bento não está dependente deste jogo. Mas sim do final da temporada.
DRAGÕES NA ASSOCIAÇÃO DE CLUBES EUROPEUS
O FC Porto integra desde ontem a nova Associação de Clubes Europeus, (ECA) que foi formada após a dissolução do G14 na sequência da última reunião com a FIFA e UEFA, realizada na semana passada. Juntamente com o clube da Invicta, participam nesta organização o AC Milan, Ajax, Barcelona, Bayern de Munique, Chelsea, Glasgow Rangers, Juventus, Manchester United, Olympiakos, Olympique de Lyon e Real Madrid. A estes clubes, que formavam o hoje extinto G14, juntaram-se ainda o Anderlecht (Bélgica), Birbirkara (Malta), Dínamo Zagreb (Croácia) e FC Copenhaga (Dinamarca).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)