Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Quaresma perde a cabeça na derrota

Tricampeões falharam um penálti e fizeram um segundo golo que foi mal invalidado. Para culminar um dia negro, ‘Harry Potter' perdeu a cabeça no final do jogo.
31 de Março de 2014 às 07:02
Quaresma foi espelho do desnorte, dia 30 de março, na Madeira (com a derrota por 2-1 com o Nacional)
Quaresma foi espelho do desnorte, dia 30 de março, na Madeira (com a derrota por 2-1 com o Nacional) FOTO: Hélder Santos

Os sinais de retoma do FC Porto tiveram um colapso. Os tricampeões nacionais perderam com o Nacional (1-2), sofreram a segunda derrota consecutiva fora para a Liga (antes  em Alvalade) e estão cada vez mais longe do 2º lugar, que dá acesso direto à Liga dos Campeões (a oito pontos do Sporting).

Para agravar, Quaresma teve uma atitude destemperada e irrefletida no final e mesmo depois de o jogo ter terminado. Primeiro, pegou-se com Marçal e já depois do apito final quis travar-se de razões com Gomaa e só a intervenção dos responsáveis portistas e de colegas evitou piores consequências. Um sinal claro dedesnorte. 

Foi uma jornada falhada para os dragões, que saíram da 1ª parte a perder por 0-1 e com um quase total alheamento. O Nacional foi, aí, muito melhor do que os dragões, mais aplicado e com atitude competitiva mais forte. Marcou um golo por Candeias (19'), antecedido de fora de jogo, e foi a equipa mais perigosa (Djaniny teve mais algumas situações e Ali Ghazal ainda apareceu isolado). O FC Porto só teve um remate perigoso (Jackson aos 28').

Era preciso mudar e Luís Castro não esperou mais do que o intervalo. Tirou Defour e Licá (exibições muito frouxas) e lançou Quintero e Ghilas, que na primeira intervenção no jogo desenharam o golo do empate, apontado por Jackson (passe de Quintero e centro de Ghilas). Mas o FC Porto não teve tempo para saborear o empate, porque, logo seguir, Candeias fugiu a Danilo (uma constante) e cruzou para Rondón encostar, com Abdoulaye (outra vez) a ver jogar.

Depois, quase só deu FC Porto. Aconteceu de tudo. Quaresma forçou um penálti (que falhou) e Jackson teve um golo mal invalidado (ganhou no ar após boa impulsão e o contacto pareceu inevitável). Demasiadas adversidades. 

Quaresma futebol FC Porto jogo Nacional
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)