Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Queiroz condenado a pagar indemnização

Carlos Queiroz foi condenado a pagar uma indemnização ao agente FIFA Salem Jawad pelo contrato com a federação de futebol dos Emirados Árabes Unidos. O actual seleccionador nacional foi ainda considerado como litigante de má fé.
22 de Dezembro de 2008 às 18:30
Queiroz foi condenado a pagar indemnização e uma multa
Queiroz foi condenado a pagar indemnização e uma multa FOTO: d.r.

O Tribunal de Oeiras deu como provado que Queiroz não entregou a totalidade dos 10 por cento do valor do agenciamento a Salem Jawad e condenou o treinador a pagar ao empresário uma quantia de 56.250 dólares (40.129 euros), à qual acrescem juros vencidos e vincendos desde 7 de Outubro de 1999.

A mesma instância condenou ainda o seleccionador nacional a pagar uma multa ao empresário por litigância de má fé e indemnização “por danos morais causados”, num montante não inferior a 25 mil euros.

António Pragal Colaço, advogado de Salem Jawad, sublinhou que “Carlos Queiroz devia ponderar o significado desta condenação, ainda para mais como litigante de má fé, por ter tentado enganar o tribunal”.

Carlos Queiroz assumiu as funções de seleccionador dos Emirados Árabes Unidos a 24 de Maio de 1998. O contrato, com duração de dois anos, foi mediado pelo empresário de origem iraniana.  

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)